Putin felicita Thomas Bach pela reeleição no COI e promete cooperação

Rússia está impedida de participar em grandes provas devido a casos de doping

Vladimir Putin e Thomas Bach
Vladimir Putin e Thomas Bach • Foto: EPA

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, felicitou esta quinta-feira Thomas Bach pela reeleição como presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), numa altura em que o país está impedido de participar em grandes competições devido a problemas com doping.

"Os resultados da votação mostram bem o reconhecimento e a sua contribuição pessoal para o desenvolvimento do movimento olímpico e para a popularização do desporto no mundo", refere o presidente russo, numa mensagem enviada a Bach.

Vladimir Putin reitera a vontade da Rússia "em continuar a cooperação construtiva com o COI em todas as áreas".

Em dezembro passado, o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) decidiu excluir a Rússia por dois anos das principais competições desportivas mundiais, entre as quais os Jogos Olímpicos Tóquio'2020, adiados para 2021, por incumprimento das regras antidoping.

A decisão, que também proíbe a participação da Rússia nos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim2022, é metade da sanção proposta pela Agência Mundial Antidopagem (AMA), que tinha pedido quatro anos de suspensão.

Os atletas russos que nunca tenham sido sancionados por doping poderão, de acordo com a decisão, participar em competições internacionais, mas sob bandeira neutra.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas