Tóquio acolhe em novembro primeira competição internacional desde o início da pandemia

Cidade vai ser palco dos Jogos Olímpicos no próximo ano

Morinari Watanabe
Morinari Watanabe • Foto: Reuters

Tóquio vai acolher a 8 de novembro um torneio de ginástica, que será o primeiro evento internacional organizado no Japão desde o início da pandemia, que obrigou ao adiamento dos Jogos Olímpicos na capital japonesa, anunciaram esta segunda-feira os organizadores.

No torneio deverão participar 32 ginastas de quatro países: China, Japão, Estados Unidos e Rússia.

O presidente da Federação Internacional de Ginástica (FIG), o japonês Morinari Watanabe, manifestou o desejo de que o torneio, ao qual chamou "competição da amizade e da solidariedade", possa servir de referência aos organizadores da competição olímpica.

"Esta é a nossa forma de ajudar o mundo a recuperar, já que o novo coronavírus o colocou no fundo do poço", disse Watanabe, acrescentando: "Ficarei feliz se ele puder contribuir para ajudar a organização dos Jogos".

Os participantes no torneio serão submetidos a testes diários à covid-19, e só poderão deslocar-se entre os hotéis e os locais de competição e treino.

A competição vai decorrer no Yoyogi Gymnasum, onde deverão ser realizadas as competições olímpicas de andebol e badminton, e deverá ter entre 2.000 e 3.000 espetadores, pouco mais de 25% da capacidade total do espaço.

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020foram adiados para 2021, entre 23 de julho e 08 de agosto, devido à pandemia do novo coronavírus.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e setenta e sete mil mortos e mais de 37,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.