Tóquio'2020 estuda utilização de metal reciclado nas medalhas olímpicas

Metais incluiriam aço, cobre e alumínio

• Foto: Getty Images

O comité organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio'2020 pretende fabricar as medalhas dos vencedores olímpicos a partir de metal reciclado, confirmou esta sexta-feira a organização à agência noticiosa Efe.

Os metais incluiriam aço, cobre e alumínio procedentes de eletrodomésticos e objetos metálicos descartados, segundo a proposta de um subcomité de Tóquio'2020, apresentada durante um encontro da Comissão de Planeamento Urbano e Sustentabilidade.

A proposta vai ser incluída num relatório provisório dos debates sobre como deixar um "valioso legado" do evento para as próximas gerações e a sua viabilidade vai ser estudada pelo comité organizador.

A organização dos Jogos do Rio'2016 adotou uma medida idêntica à proposta japonesa.

Os atletas que subam ao pódio olímpico este verão vão receber medalhas feitas parcialmente com metais reciclados procedentes de aparelhos eletrónicos, numa iniciativa que "reafirma o compromisso dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos com a sustentabilidade", informou então a Casa da Moeda do Brasil, o fabricante oficial.

Tóquio quer ir mais além na sua visão face ao ambiente e espera que também seja aprovada a criação de uma aldeia olímpica que sirva de modelo a uma futura "sociedade do hidrogénio", em que seja utilizado este gás como fonte de energia primária.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.