Tóquio'2020: Instituto do Mar e da Atmosfera apoia missão olímpica portuguesa com portal

Atletas e treinadores vão ter acesso às previsões para os locais de competição

• Foto: Reuters

A missão portuguesa aos Jogos Olímpicos Tóquio'2020, adiados para 2021, disporá de informação meteorológica nos locais de competição, no Japão, disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), anunciou esta quinta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP).

Este apoio científico e técnico vai permitir aos atletas e treinadores conhecerem as previsões para os locais de competição sobre temperatura, humidade, precipitação, vento, nebulosidade, mas também detalhes mais específicos para o surf, como previsão de altura, período e direção das ondas.

O portal integra a informação climática em tempo real, mas também previsões horárias, de períodos de seis horas, semanais e mensais, assim como meteogramas (séries temporais) e em mapas espaciais e determinísticas e em probabilidade.

Esta 'ferramenta' resultou de uma iniciativa do COP, à qual o IPMA acedeu, integrando, para já, o calendário e os locais das várias modalidades com portugueses apurados para Tóquio'2020.

"O desafio que foi colocado pelo COP pôs à prova a nossa capacidade de disponibilizar e integrar informação meteorológica qualificada para apoiar aqueles que nos irão representar nos Jogos Olímpicos em Tóquio. É para nós um motivo de orgulho poder participar neste esforço coletivo e de representação nacional", afirmou o presidente do IPMA, Miguel Miranda.

Igualmente citado no comunicado da estrutura olímpica, o presidente do COP, José Manuel Constantino, agradeceu ao IPMA o "trabalho desenvolvido" e "colocado à disposição da missão portuguesa nos Jogos Olímpicos".

"Conhecendo a realidade em Tóquio por ocasião dos Jogos Olímpicos em matéria de condições climatéricas, algumas delas fortemente condicionantes da prestação desportiva, esta é uma ferramenta essencial para atletas, treinadores e dirigentes conhecerem ao detalhe a realidade local. E é um grande trabalho técnico e científico da uma prestigiada instituição nacional que nos deve orgulhar e valorizar", observou Constantino.

Os Jogos Olímpicos Tóquio'2020, que deveriam realizar-se entre 24 de julho e 9 de julho deste ano, foram adiados para o período entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, devido à pandemia de covid-19.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.