Tóquio2020: Luciana Diniz 'dá' 30.ª vaga a Portugal

Cavaleira consegue segundo lugar no grupo B de qualificação na disciplina equestre dos obstáculos

A cavaleira Luciana Diniz assegurou esta segunda-feira a 30.ª vaga para Portugal nos Jogos Olímpicos Tóquio'2020, graças ao segundo lugar no grupo B de qualificação na disciplina equestre dos obstáculos.

Luciana Diniz, que no Rio'2016 foi nona posicionada nos obstáculos, assegurou a vaga para o país, ainda não sendo oficial que será a luso-brasileira a viajar para Tóquio.

Com a vaga nos obstáculos, passam a ser quatro as quotas em equestre, depois de já estarem assegurados três atletas na equipa de ensino, com a vaga assegurada por Maria Caetano, Rodrigo Torres, João Miguel Torrão e Duarte Nogueira no Europeu.

O atletismo é, para já, a modalidade mais representada, com sete presenças asseguradas, com destaque para João Vieira, que, aos 43 anos, tem marca de qualificação nos 50 km marcha e deverá estar pela sexta vez em Jogos, tornando-se o segundo luso com mais presenças, a uma do velejador João Rodrigues.

Pedro Pichardo, recentemente naturalizado, tem marca no triplo salto, assim como Patrícia Mamona e Evelise Veiga, com Carla Salomé Rocha e Sara Catarina Ribeiro a terem mínimos na maratona.

O ciclismo de estrada terá duas vagas em Tóquio, por via do 23.º lugar no 'ranking' olímpico, que dá a Portugal o direto a ter dois ciclistas na prova de fundo, um dos quais com entrada para o contrarrelógio.

O oitavo lugar de Nelson Oliveira no contrarrelógio dos Mundiais de 2019 permite a Portugal ter pela primeira vez dois ciclistas no 'crono' em Jogos Olímpicos.

Tal como para o Rio'2016, os velejadores Jorge Lima e José Luís Costa foram os primeiros a assegurar uma presença portuguesa nos Jogos, ao garantirem uma quota - não obrigatoriamente ocupada por esta dupla - em 49er, durante o Mundial de Classes Olímpicas em Aarhus, na Dinamarca.

Também a natação já tem cinco atletas com mínimos, com Alexis Santos, semifinalista no Rio2016, e Gabriel Lopes nos 200 metros estilos, Tamila Holub e Diana Durães nos 1.500 livres, e Ana Catarina Monteiro nos 200 mariposa.

Fu Yu também vai repetir a presença, no torneio feminino de ténis de mesa, depois de ter assegurado a qualificação com a presença na final dos Jogos Europeus.

Na canoagem, seis atletas garantiram a qualificação nos Mundiais de velocidade de 2019, entre os quais Fernando Pimenta, medalha de bronze em K1 1000 em Szeged, na Hungria.

O K4 1000, composto por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela, e Teresa Portela (K1 200) também já têm presença em Tóquio, tal como Antoine Launay (K1) no slalom.

De regresso aos Jogos Olímpicos estará o tiro com armas de caça, com João Paulo Azevedo no fosso olímpico.

Em estreia, estará o surf, com Frederico Morais, por ter sido o melhor atleta europeu nos Mundiais de 2019, enquanto Filipa Martins repete a presença na ginástica artística.

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 realizam-se de 24 de julho a 9 de agosto.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.