José Manuel Lourenço: «Há um problema de recrutamento»

Presidente do Comité Paralímpico de Portugal em entrevista

RECORD - Em condições normais, os Jogos estavam aí à porta. Que balanço faz da evolução do movimento paralímpico nos últimos quatro anos?

JOSÉ MANUEL LOURENÇO – Continuamos com um problema de recrutamento. É necessário que haja campanhas de sensibilização em centros de reabilitação ou em instituições. Há muitas pessoas que não sabem que podem melhorar a sua qualidade de vida ao praticarem desporto federado. Mas registamos que nos últimos quatro anos houve margem para um novo paradigma. Estamos a caminhar para as condições de equidade. Depois, temos um novo projeto inovador de classificação desportiva. Permite capacitar as federações com técnicos, que permitam avaliar qual é a classe em que o atleta fica enquadrado. Em termos de competição, o atleta fica a competir com pessoas do mesmo nível. Quando os levamos lá fora, já vão enquadrados.

«Eleições? Vamos analisar»

R - Devido ao adiamento dos Jogos, tem sido feita uma análise, a nível jurídico, sobre a possibilidade de adiar eleições nos Comités e nas federações. No CPP, o que poderá acontecer?

JML – É um assunto que terá de ser discutido, primeiro na Comissão Executiva do CPP. Depois, a nossa decisão passará por uma consulta numa assembleia plenária, para recolher as opiniões dos membros do CPP. As orientações do IPC chegaram na semana passada. Por um lado, é dito para acautelarmos aquilo que são os regulamentos, mas também para termos em atenção as leis nacionais. Vamos analisar.

R - Mas já tem uma opinião formada?

PM – Tenho, mas não devo transmiti-la aqui. Quero fazê-lo primeiro pessoalmente aos meus colegas da Comissão Executiva e da Assembleia Plenária.

Por Rafael Soares
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Paralímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0