Tsanko descontraído e de olho no 'top 8'

Português entra e,m ação no lançamento do peso

• Foto: Epa

"É difícil, mas não impossível." Tsanko Arnaudov sabe que a tarefa de bater o seu recorde nacional de 21,06 metros é dura, mas também é meio caminho andado para ficar num lugar de destaque nesta estreia olímpica. "Dá-me garantias de ficar no top 8", diz o atleta nascido há 24 anos na Bulgária.

O gigante de 1,98 m terá, primeiro, de tentar a qualificação, que arranca hoje às 9h55 locais (mais quatro horas em Portugal Continental). A marca de qualificação direta está nos 20.65, registo que Tsanko ainda conseguiu esta época, tendo por melhor marca 20.59.

Ainda assim, foi com descontração que o atleta do Benfica enfrentou os dias antes da competição: "Pensava que a adaptação ao Rio de Janeiro ia ser mais difícil, mas está tudo tranquilo. Quero divertir-me ao máximo. Esse foi o meu objetivo em Amesterdão e espero concretizá-lo aqui também". Na capital da Holanda, a tática não correu mal: valeu uma medalha de bronze nos Europeus. Os Jogos são outra dimensão, mas Tsanko garante que na sua cabeça "só muda o dorsal".

Hoje, o segredo para uma boa performance poderá estar numa bela noite de sono. "Espero acordar bem-disposto e concretizar aquilo que tenho vindo a fazer nos treinos", conta, sem querer avançar para uma marca. "As minhas expectativas são altas, mas não há um número que eu consiga avançar."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.