Record

Comité organizador substitui medalhas... com defeito

Muitas delas começaram a 'descascar'

Daniel Dias conquistou nove medalhas. Grande parte delas serão substituídas
• Foto: Reuters
Inédito. O comité organizador dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro anunciou este domingo que irá recolher uma enorme quantidade de medalhas ganhas pelos atletas olímpicos e paralímpicos que participaram nas competições que decorreram no Brasil entre agosto e setembro de 2016.

O motivo é simples, como noticia a coluna 'Gente Boa' do jornal 'O Globo': as medalhas de ouro, prata e bronze estão a 'descascar', que é como quem diz, estão a perder a camada de metal precioso que as distingue. Assim, as medalhas atribuídas a atletas brasileiro e de outras nacionalidades que se encontrem nestas condições serão recolhidas e enviadas para a Casa da Moeda, sendo substituídas por outras, que se espera estejam em melhores condições.

'O Globo' aponta mesmo o exemplo do nadador brasileiro Daniel Dias, que ganhou nove medalhas nos Jogos Paralímpicos e assiste, neste momento, ao "descascamento" de quase todas elas.
Por João Lopes
2
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rio'2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

M