Dick Pound diz que suspensão ao atletismo russo pode vigorar no evento

Em causa está caso de "doping organizado"

• Foto: Reuters

O antigo presidente da Agência Mundial Antidopagem (AMA) Dick Pound alertou esta quarta-feira que a proibição internacional imposta ao atletismo da Rússia pode ainda estar em vigor nos Jogos Olímpicos Rio'2016.

Os atletas russos foram proibidos de competir internacionalmente no ano passado após uma comissão independente, liderada por Dick Pound, primeiro presidente da AMA, ter encontrado evidências de doping promovido pelo país.

"Os russos parecem assumir que a controvérsia vai desaparecer e não deve haver nenhuma dúvida relativamente à sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio", considerou o antigo nadador canadiano, à margem de uma conferência sobre doping, em Londres.

Em vez de se concentrar nas reformas necessárias, a tempo de poder participar nos Jogos Olímpicos deste ano, Dick Pound refere que "a Rússia está apenas a reorganizar as cadeiras do Titanic".

"O meu palpite é que a Rússia não chegue a tempo para o Rio2016. A Associação de Federações Internacionais de Atletismo (IAAF) e a AMA não vão arriscar as suas reputações, rolando para o lado e fazendo-se de mortos", acrescentou.

Acusada de "doping organizado", a Rússia foi suspensa de forma provisória pela IAAF, em novembro de 2015, depois da AMA ter difundido um relatório no qual denunciou um esquema sem precedentes, que envolvia até membros do próprio Estado.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio'2016

Notícias

Notícias Mais Vistas