Hipismo: Luciana Diniz garante quota para Portugal nos saltos de obstáculos

Cavaleira deve participar nos seus terceiros Jogos Olímpicos

• Foto: LUSA

A cavaleira Luciana Diniz garantiu uma quota para Portugal na disciplina de saltos de obstáculos nos Jogos Olímpicos Rio'2016, anunciou esta terça-feira a Federação Equestre Internacional (FEI).

Luciana Diniz, de 45 anos, já esteve por duas vezes nos Jogos Olímpicos, em Atenas2004, ainda pela seleção do Brasil, e em Londres2012, nos quais, já por Portugal, foi 17.ª classificada.

A FEI ainda não atualizou as nações que garantiram quotas para o Rio'2016 na disciplina de 'dressage', na qual Gonçalo Carvalho tem possibilidades de apuramento.

Com o apuramento garantido por Luciana Diniz, Portugal tem 54 vagas asseguradas no Rio'2016.

Na vela, há já quatro vagas asseguradas, com Jorge Lima e José Costa, em 49er, e de João Rodrigues (RS:X), que vai para os seus sétimos Jogos, já com presença assegurada, faltando designar o representante em Laser, cuja vaga foi conquistada por dois velejadores, o experiente Gustavo Lima e Rui Silveira.

Além da vela, a missão lusa tem já asseguradas presenças no taekwondo, com Rui Bragança, em -58 kg, tiro, com uma vaga para as provas de pistola de ar comprimido 10 m e pistola 50 metros assegurada pelo experiente João Costa, e no futebol (prova masculina, com 18 vagas).

Na canoagem, Portugal também já assegurou seis vagas, enquanto Alexis Santos e Diogo Carvalho são os únicos portugueses, para já, com mínimos na natação, ambos nos 200 metros estilos.

A estas acrescem, para já, 17 no atletismo, com a última a garantir o apuramento a ser Marta Onofre, no salto com vara, num fim de semana em que Irina Rodrigues (lançamento do disco) também conseguiu mínimo, mas que ainda não foi oficializada pela federação internacional.

Também Ana Cabecinha (20 km marcha), Dulce Félix (maratona e 10.000 m), Filomena Costa (maratona), Inês Henriques (20 km marcha, João Vieira (20 km marcha), Miguel Carvalho (50 km marcha), Nélson Évora (triplo salto), Susana Costa (triplo salto), Patrícia Mamona (triplo salto), Pedro Isidro (50 km marcha), Rui Pedro Silva (maratona), Sara Moreira (10.000 m e maratona), Sérgio Vieira (20 km marcha), Susana Feitor (20 km marcha), Vanessa Fernandes (maratona), Vera Santos (20 km marcha), Tsanko Arnaudov (lançamento do peso) e Yazaldes Nascimento (100 m) e Daniela Cardoso (20km Marcha) têm mínimos.

Embora sejam 20 os atletas com mínimos, apenas 17 estarão no Rio2016, já que existem cinco atletas com mínimos na prova de 20 km marcha e outras quatro na maratona, disciplinas cuja quota por nação é limitada a três presenças.

O ciclismo de estrada português garantiu quatro vagas para os Jogos Olímpicos Rio2016 e terá mais um atleta do que em 2012, sendo que um destes quatro atletas participará também no contrarrelógio.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio'2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.