Record

José Manuel Constantino: «O desporto é um investimento e não uma despesa»

Recebeu o grau de doutor Honoris Causa e vincou que quer o desporto no centro da vida cívica

COP, José Manuel Constantino, Desporto
COP, José Manuel Constantino, Desporto • Foto: Luís Vieira
O presidente do Comité Olímpico de Portugal revelou este segunda-feira o sonho de ver "o desporto no centro da vida cívica" portuguesa, durante a cerimónia em que recebeu o grau de doutor honoris causa da Universidade do Porto.

"O desporto é um investimento, não uma despesa", disse José Manuel Constantino, considerando que este "tem o poder de ajudar o mundo".

No seu discurso de agradecimento, o dirigente de 66 anos alertou para a "encruzilhada da crise de valores" reinante na sociedade, lamentou a "ausência de projetos estruturantes (...) e de solidez moral", motivos mais do que suficientes para o que classifica de "futuro inquietante".

José Manuel Constantino lembrou que o desporto é a "ferramenta de coesão social" por excelência, entendendo-o como um grande potenciador do "respeito, amizade, excelência, superação, tolerância, resiliência e solidariedade", qualidades que espera ver mais enraizadas na sociedade.

Constantino recebeu o grau de doutor honoris causa pelo trabalho realizado também enquanto presidente da Confederação de Desporto de Portugal (2000-2002), Instituto do Desporto de Portugal, Conselho Nacional antidopagem, Conselho Nacional Contra a Violência no Desporto, estes entre 2002 e 2005.

António Teixeira Marques, autor do elogio do doutorando, destacou "o seu rigor de pensamento, objetividade na palavra, grande capacidade de trabalho e dotes organizativos", além de o considerar alguém "sério e exigente".

"Ensaios, propostas, reflexões, estudo, pensamento sobre o desporto. Alguém para ver e ouvir com atenção. Um estímulo para todos nós", disse, recordando os "inúmeros" desafios que foi tendo na carreira.

O seu 'padrinho', Jorge Olímpio Bento enalteceu o "pensamento mais tolerante e a palavra brilhante" de Constantino e, citando disse Miguel Torga, garantiu que "ele nunca falta aos seus nas horas apertadas".

Ao Comité Olímpico de Portugal, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, elogiou o "talento natural, a forma de pensar e de escrever em relação ao desporto como pedra basilar da sociedade".

"É uma justíssima homenagem a todo o trabalho e a toda a dedicação que ao longo da vida tem tido a esta causa e pelo facto de ao longo de décadas nunca ter desistido e ter procurado sempre continuar o seu trabalho e o seu contributo a esta grande causa que deve unir todos os portugueses que é o desporto", completou.

À agência Lusa, o secretário de estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, destacou "todo o trabalho e a toda a dedicação que ao longo da vida José Manuel Constantino tem dado à causa do desporto".
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rio'2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

M