Ministra israelita chama "racistas" a atletas libaneses

Por recusarem viajar no mesmo autocarro

• Foto: Getty Images

A ministra israelita do Desporto, Miri Regev, classificou de "racistas" e "antissemitas" os atletas libaneses por recusarem viajar no mesmo autocarro que os seus homólogos israelitas num incidente ocorrido antes da abertura dos Jogos Olímpicos'2016, no Rio de Janeiro (Brasil).

De acordo com a imprensa israelita, na sexta-feira os atletas libaneses impediram e bloquearam a delegação israelita no acesso ao autocarro que os levou para a cerimónia de abertura dos Jogos.

"Eu continuei a insistir que embarcassem no autocarro e disse que, se os libaneses não queriam, eles eram bem-vindos a sair do autocarro", escreveu Udi Gal, treinador de vela israelita na sua página de Facebook, acrescentando que "o motorista abriu a porta, mas o representante da delegação libanesa bloqueou a entrada". "

Na opinião do treinador, os organizadores queriam evitar um incidente internacional e foi por isso que enviaram outro autocarro para o transporte.

3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio'2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.