O show tem de continuar

Jogos Olímpicos do Rio arrancam na sexta-feira, num cenário de incerteza organizativa

• Foto: Reuters

Os atrasos nas obras, a violência, o doping russo. A crise económica, o Zika, Federer lesionado, a Baía que afinal continua poluída. A dois dias do arranque dos primeiros Jogos Olímpicos falados em português (e os primeiros disputados na América do Sul), o desporto parece confinado a um papel pouco digno sequer de um óscar de melhor ator secundário. Em 2009, quando o Comité Olímpico Internacional entregou ao Rio de Janeiro a responsabilidade da organização dos Jogos da 31ª Olimpíada, o Brasil respirava otimismo, saúde económica, esperança no crescimento e na transformação de uma cidade. Hoje, sete anos depois, entre escândalos de corrupção, uma economia que definha e a violência que regressa às ruas, mais de metade da população virou as costas aos Jogos.

Mas o show tem de continuar. Porque os Jogos Olímpicos são a maior celebração desportiva do planeta. A partir de sexta-feira e até dia 21, 306 medalhas serão distribuídas pelos que forem mais rápidos, mais altos e mais fortes entre os cerca de 11.500 atletas que por estes dias aterram em solo brasileiro, nestes Jogos onde pela primeira vez se hasteará a bandeira do Kosovo e do Sudão do Sul e onde regressam o râguebi (na sua vertente de sevens) e o golfe.

Nuns Jogos marcados pela ausência de alguns dos mais admiráveis atletas do Planeta (além de Federer, não estarão nomes como o ciclista Alberto Contador, os basquetebolistas LeBron James e Stephen Curry, a varista Yelena Isinbayeva ou os golfistas Jason Day e Rory McIlroy), cabe a heróis como Usain Bolt, Michael Phelps, Katie Ledecky ou Simone Biles resgatarem os Jogos Olímpicos do Rio da incerteza, numa altura em que ainda se ultimam obras em vários complexos olímpicos e muitos atletas russos esperam decisões dos tribunais para saberem se estarão ou não na competição.

Por Lídia Paralta Gomes. Rio de Janeiro. Brasil
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio'2016

Notícias

Notícias Mais Vistas