Oito atletas russos com historial de doping

COR avisa que o número pode crescer

Alexander Zhukov, Presidente do Comité Olímpico da Rússia
• Foto: Reuters

O Comité Olímpico da Rússia admitiu, esta segunda-feira, que oito integrantes da equipa daquele país têm um historial de dopagem, pelo que podem ser vetados para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016.

"Segundo os dados em meu poder, ao dia de hoje, há oito desportistas nessas condições", disse o presidente do organismo, Alexander Zhukov, respondendo a uma questão sobre o número de casos detetados.

Não descartou, contudo, que possam aparecer novos nomes de atletas russos, com base nas denúncias recolhidas pelo relatório McLaren, encomendado pela Agência Mundial Antidopagem (AMA).

"Falei com quase todos os presidentes das federações de todas as modalidades de verão, que estão a trabalhar ativamente e confirmando as listas de atletas que têm historial de doping", disse o presidente do comité russo, recordando que as listas devem ser auditadas pelas federações internacionais e pelo Tribunal Arbitral Desportivo (TAS).

O Comité Olímpico Internacional cedeu, no domingo, às federações internacionais a responsabilidade de decidir quais os atletas daquele país que podem competir no Brasil.

Os que forem aceites terão que se submeter a um rigoroso controlo antidoping, a realizar pela AMA.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio'2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.