Alemanha e México são velhos conhecidos

Só Coreia do Sul será novidade

• Foto: Pedro Ferreira

O próximo adversário de Portugal sairá do trio formado por Coreia do Sul, México e Alemanha, que hoje vai decidir os dois primeiros lugares do Grupo C. Venha quem vier, é caso para dizer que Portugal não deve temer ninguém mesmo considerando o historial daqueles três países nos Jogos Olímpicos e demais competições dos escalões abaixo da seleção principal.

De todos, a Coreia do Sul é o único possível adversário que Portugal nunca defrontou – considerando equipas Olímpica e de sub-21, o escalão que alimenta aquela – pelo que um eventual confronto terá sabor a estreia absoluta.

Em vantagem

Já Alemanha e México são velhos conhecidos dos portugueses e o balanço é positivo para as cores nacionais. O último confronto com a Alemanha aconteceu há um ano, na meia-final do Europeu de sub-21, com Portugal a golear por 5-0. O México foi adversário recente num jogo de preparação para os Jogos do Rio de Janeiro, com os pupilos de Rui Jorge a vencerem por 4-0 num encontro disputado em Angra do Heroísmo.

No entanto, as referências recentes dos jogos com Alemanha e México podem não ajudar muito Rui Jorge. É que do embate com os germânicos, no Europeu de sub-21 do ano passado, estão agora no Brasil apenas cinco jogadores (Esgaio, Tobias Figueiredo, Sérgio Oliveira, Gonçalo Paciência e Carlos Mané), e do particular com o México sobrevivem sete (Ilori, Edgar Ié, Esgaio, Tobias Figueiredo, Francisco Ramos, Gonçalo Paciência e Bruno Fernandes).

México goleado em março

Portugal defrontou o México em Angra do Heroísmo, em março, vencendo por goleada (4-0), mas a equipa, de entre os possíveis adversários, que Rui Jorge melhor conhece é a Coreia do Sul, que até poderá nem ser o opositor nos quartos-de-final.

"A Coreia do Sul é o adversário que conhecemos melhor. Temos a felicidade de acompanhá-los há dois anos, desde o torneio de Toulon, e eu acredito que é a mais séria candidata a vencer o Grupo C."

Curioso é que, do jogo com os mexicanos nos Açores, estão presentes no Rio de Janeiro apenas sete jogadores. Gelson Fernandes, na foto, foi um dos que não pôde ser convocado por Rui Jorge.

Por David Novo. Belo Horizonte. Brasil
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas