Record

Federação Portuguesa de Taekwondo convida Record a ver treino de Rui Bragança

Carta enviada à direção do nosso jornal

• Foto: Lusa
A Federação Portuguesa de Taekwondo enviou uma carta à Direção de Record, a propósito da medalha de lata atribuída a Rui Bragança pelo nosso jornal no dia 18, na coluna de opinião Medalhas, que aqui divulgamos.

Carta

"Exmos. Senhores,
A Federação Portuguesa de Taekwondo orgulha-se de, pela segunda vez na história do Taekwondo nacional, ter apurado um atleta para os Jogos Olímpicos. O Rui Bragança.

Os atletas portugueses tem vindo a destacar-se no circuito internacional com títulos europeus e mundiais, não obstante Portugal ser um país pequeno e com pouca propensão para um investimento sério no desporto.

Se compararmos o investimento feito por Portugal no desporto com o investimento feito pelas grandes potências desportivas na mesma área e a isso aliarmos o facto de sermos apenas meia dúzia de habitantes, podemos de alguma forma realizar da grandeza dos feitos dos nossos atletas.

Atento o que acima foi dito, podemos aferir que os resultados alcançados são fruto de uma enorme força de vontade de treinadores, escolas, estruturas federativas e olímpica mas acima de tudo de uma enorme vontade, dedicação e espírito de sacrifício dos atletas.

- O Taekwondo, à semelhança de outros desportos de combate é um desporto exigente, em que a cada vez que o atleta entra em acção, disputa uma final;

- Nos jogos Olímpicos, nesta modalidade estão presentes "apenas" os 16 melhores atletas do mundo;

- Num país como Portugal, no qual esta modalidade não tem tradição e é relativamente pouco conhecida, a pouca visibilidade e a falta de apoios são uma realidade no dia-a-dia dos atletas, como o disse e bem, o Rui Bragança;

- O Rui Bragança concilia os treinos com uma licenciatura em medicina numa universidade de reconhecido prestígio;

- Fruto de um trabalho intenso, o Rui Bragança é o nº2 do ranking mundial e nº 3 do ranking olímpico;

- O Rui Bragança é também bi-campeão da Europa e foi vice-campeão mundial de Taekwondo.

- Qualquer atleta que chegue aos Jogos Olímpicos é, só por este facto e por tudo o que acima referi, merecedor de toda a nossa estima, respeito e apoio incondicional.

Não me parece que o texto publicado tenha levado em consideração qualquer dos aspectos que referi, ou que tenha sequer sido escrito à luz de qualquer conhecimento detalhado sobre esta matéria.

Acredito, pelo contrário que tenha sido escrito num momento de fraca inspiração e de improviso.

Termino convidando o autor a assistir a um treino de preparação de um atleta de Taekwondo ao nível do Rui Bragança. Tenho a certeza que ele, sendo a pessoa humilde e trabalhadora que é, não recusaria tal momento, estando certamente disponível para explicar as singularidades de se tornar atleta olímpico num país que ainda não tem forma de suportar de forma adequada os atletas olímpicos, seja ela qual fôr a sua modalidade. Eu pela minha parte, teria todo o gosto em o acompanhar e assistir também ao treino. Podemos decerto aprender mais sobre o treino de competição no Taekwondo.

Com os melhores cumprimentos e ao dispôr para o que entenderem por conveniente,

Mário Fernandes
Presidente Federação Portuguesa de Taekwondo"
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Taekwondo

Notícias

Notícias Mais Vistas

M