Dia 10 dos Jogos Olímpicos em direto: acompanhe tudo o que se passa em Tóquio'2020

Há vários portugueses em ação nesta décima jornada. Mas há muito mais para acompanhar

Ao Minuto

02.08.2021
Voltamos mais logo e contamos consigo!

Termina o 10.º dia de competição nos Jogos Olímpicos e a participação portuguesa ficou marcada por alguns altos e baixos... A começar pela prova dos 1.500 metros femininos. 

Salomé Afonso, em estreia, foi afastada, antes de Marta Pen Freitas ter vivido uma situação habitual no mundo da corrida, mas que nenhum atleta quer enfrentar. A portuguesa foi 'bloqueada' por uma opositora na sua eliminatória, ficou inicialmente fora das apuradas para as 'meias', mas acabou por ser readmitida na prova após recurso do COP.

Ainda no atletismo, menos dramática foi a prova de Lorène Bazolo. Sem espinhas, a veterana velocista portuguesa apurou-se para as meias-finais dos 200 metros, ao fechar em segundo na sua eliminatória, à frente de uma das grandes candidatas às medalhas, a jamaicana Shericka Jackson, bronze nos 100 metros. Mas depois ficou em 7.º na sua série das meias-finais, ao correr a distância em 23.20 segundos e ficou fora da final.

Já Liliana Cá, no lançamento do disco, foi 5.ª, numa final marcada pela chuva, que chegou a suspender o concurso. Até poderia ter conseguido melhor do que os 63,93 - ficou a dois metros e meio do recorde nacional -, mas as condições do piso, que ficou molhado, acabaram por estragar a competição a praticamente todas as atletas. Ganhou a norte-americana Valarie Allman, com 68,98 metros.

Por fim, a canoagem. No primeiro dia de provas, Teresa Portela foi segunda na sua série do K1 200 e avançou para as 'meias', tal como Fernando Pimenta no K1 1000, sendo que no caso do canoísta de Ponte de Lima o apuramento foi com vitória na eliminatória. Menos sorte teve Joana Vasconcelos. Foi apenas quinta na sua eliminatória, teve de ir aos 'quartos' para também chegar às 'meias', mas ficou-se pelo quarto posto nesta fase e ficou pelo caminho. Tem ainda o K1 500, a sua especialidade para se redimir.

Consulte aqui todos os resultados dos portugueses. E não deixe de ver como está nesta altura o medalheiro...

Se quiser saber mais informações sobre esta edição dos Jogos Olímpicos de Tóquio, consulte o nosso especial.

02.08.2021
Atletismo: Soufiane El Bakkali foi o mais veloz nos 3.000 metros obstáculos
Reuters

Marroquino Soufiane El Bakkali, que tinha sido quarto classificado nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, venceu a prova dos 3.000 metros obstáculos em Tóquio. O etíope Lamecha Girma foi segundo e o queniano Benjamin Kigen ficou com o bronze.

02.08.2021
Luta livre: Aline Rotter Focken sagra-se campeã olímpica
Reuters

A alemã Aline Rotter Focken venceu a medalha de ouro na categoria de 76 kg de luta livre ao derrotar a norte-americana Adeline Maria Gray no combate final. Nos duelos pelo bronze, a chinesa Qian Zhou superou a japonesa Hiroe Minagawa e a turca Yasemin Adar bateu Aiperi Kyzy Medet, do Quirguistão.

02.08.2021
Badminton: Viktor Axelsen conquista o ouro na final masculina
Reuters

O dinamarquês Viktor Axelsen levou a melhor sobre o chinês Long Chen, por 2-0, sagrou-se campeão olímpico de badminton. Na luta pelo bronze, o indonésio Sinisuka Anthony Ginting bateu o guatemalteco Kevin Cordon, também por 2-0.

02.08.2021
Atletismo: Liliana Cá 5.ª no título de Valarie Allman
Reuters

Valarie Allman é a nova campeã olímpica do lançamento do disco. A norte-americana encomendou as 'faixas' logo no primeiro lançamento, com 68,98 metros, e não mais largou a ponta. A alemã Kristin Pudenz, mesmo com condições adversas, conseguiu brilhar no final e registou um recorde pessoal para saltar à prata (66,86), relegando Yaime Perez para o bronze (65,72).

Liliana Cá fechou o concurso na quinta posição, marcando apenas dois lançamentos válidos, bastante condicionada pela chuva que suspendeu o programa e tornou as rondas finais praticamente impraticáveis. Para a história fica o quinto posto, com 63,93, a dois metros e meio do recorde nacional. Se tivesse conseguido, como desejava, um novo máximo, a portuguesa teria chegado ao bronze...

02.08.2021
Equestre: Julia Krajewski domina nos saltos de obstáculos
Reuters

A alemã Julia Krajewski venceu a medalha de ouro no concurso de saltos de obstáculos. O britânico Tom McEwen ficou com a prata e o australiano Andrew Hoy com o bronze.

02.08.2021
Halterofilismo: Wenwen Li fixa um novo recorde olímpico
Reuters

A chinesa Wenwen Li estabeleceu um novo recorde olímpico, totalizando 320 kg levantados na final de +87 kg. A britânica Emily Jade Campbell foi segunda, com 283 kg, e a norte-americana Sara Elizabeth Robles terceira, com 283 kg.

02.08.2021
Atletismo: Sifan Hassan vence o primeiro ouro
Reuters

Sensacional! A holandesa vence de forma destacada com 14:36.79 e consegue o primeiro de três ouros que pretende levar de Tóquio. Hellen Obiri é segunda (14:38.36) e Gudaf Tsegay terceira (14:38.87). Vinda de uma eliminatória dos 1500 metros no qual teve de correr atrás do prejuízo depois de cair, Hassan parecia fresquinha... como se tivesse acabado de chegar! Quarta-feira volta à ação, para as 'meias' dos 1500.

02.08.2021
Nelson Évora pronto para a qualificação do triplo: «Voem comigo»
View this post on Instagram

A post shared by ´ (@nelson_evora)

02.08.2021
Patrícia Mamona deixa mensagem nas redes sociais
02.08.2021
Luta greco-romana: lendário Mijain Lopez alcança quarto ouro consecutivo
Reuters

Mais um ouro para Cuba, agora nos 130 kg na luta greco-romana. O autor da proeza foi o lendário Mijain Lopez Nunez, de 38 anos, que conseguiu a sua quarta medalha de ouro consecutiva, nestes que são os seus quintos Jogos - em 2004 ganhou a prata.

Na final, Lopez derrotou o georgiano Iakobi Kajaia por 5-0. Já os bronze foram para o turco Riza Kayaalp e o russo Sergei Semenov.

02.08.2021
Atletismo: favoritas avançam para a final dos 400m barreiras
Reuters

Estão definidas as apuradas para as finais dos 400 metros barreiras e sem grandes surpresas a reportar. Avançam Femke Bol (HOL), Anna Cockrell (EUA) Viktoriya Tkachuk (UCR), Sydney McLaughlin (EUA), Dalilah Muhammad (EUA), Janieve Russel (JAM), Gianna Woodruff (PAN) e Anna Ryzhykova (UCR).

A final está marcada para quarta-feira, pelas 3h30 (hora de Lisboa)

02.08.2021
Atletas do lançamento do disco recolhem aos balneários
Eurosport

A chuva não pára e as atletas da final do disco deixam o palco para recolherem aos balneários.

02.08.2021
Chuva condiciona programa do atletismo

A chuva intensa que nesta altura cai sobre Tóquio está a limitar as provas de atletismo, com a final do lançamento do disco, onde se encontra a portuguesa Liliana Cá, a ser mesmo interrompida. Algumas competições no estádio olímpico continuam a decorrer, mas há atletas a pedir a interrupção das provas.

02.08.2021
Luta greco-romano: cubano vence nos 60 kg
Reuters

O cubano Orta Sanchez é o novo campeão olímpico de 60 kg na luta grego-romana, ao surpreender o bicampeão mundial Kenichiro Fumita com um triunfo por 5-1 na final. O bronze foi para Sergey Emelin (ROC) e Sailike Walihan (China).

02.08.2021
Atletismo: campeão olímpico dos 400 metros está fora

O sul-africano Wayde van Niekerk, campeão olímpico, recordista mundial e olímpico, falhou o apuramento para a final e não vai poder defender o seu estatuto. Um resultado que de certa forma se esperava, tendo em conta os momentos menos bons que viveu recentemente. Kirani James, de Granada, foi o mais veloz no conjunto das duas séries e é o mais forte candidato ao ouro...

Avançam para a decisão

Steven Gardiner (BAH)
Michael Norman (EUA)
Kirani James (GRN)
Anthony Zambrano (COL)
Michael Cherry (EUA)
Isaac Makwala (BOT)
Liemarvin Bonevacia (HOL)
Christopher Taylor (JAM)

02.08.2021
Equestre: Grã-Bretanha vence final por equipas

A Grã-Bretanha conquistou a medalha de ouro na final por equipas de equestre, uma prova que serviu também de qualificação para a competição individual. A Austrália ficou com a prata e a França com o bronze.

02.08.2021
Atletismo: Bazolo fecha em 20.º nas 'meias' dos 200 metros

Lorène Bazolo fecha as meias-finais dos 200 metros com a 20.ª marca entre 25 atletas. A maior nota de destaque nestas 'meias' é mesmo a marca brutal (mais uma!) da jovem Christine Mboma, que com 21,97 consegue de novo bater o recorde mundial de Sub-20.

Avançam ainda Elaine Thompson-Herah, Gabrielle Thomas, Marie-Josée Ta Lou, Shelly-Ann Fraser-Pryce, Shaunae Miller-Uibo, Mujinga Kambundi e Beatrice Masilingi. A final é ainda hoje, pelas 13h50.

02.08.2021
Atletismo: e agora vamos à final do disco

Para seguir aqui.

02.08.2021
Lorène Bazolo "feliz e grata" após adeus nos 200 metros
Reuters

Afastada nos 200 metros, Lorène Bazolo lamenta o facto de não ter conseguido corrigir na reta da meta a sua prova, mas assume deixar Tóquio "feliz e grata". E, aos 38 anos, a velocista não quer ficar por aqui e já aponta a Paris... quando tiver 41 anos.

"Com a pista que tinha, o objetivo era sair muito rápido, porque era de fora. Consegui corrigir o que depois não fiz bem na reta. Infelizmente não consegui, mas estou feliz e grata. O objetivo era a meia final e foi o máximo que consegui dar.

Paris'2024?

"Não sei, mas se Deus quiser, sim. Estou com capacidade física e mental. Agora vou pensar nisso. Por enquanto, sim, Paris está na minha cabeça. Sinto-me bem"

02.08.2021
Andebol: mais uma surpresa
Reuters

Depois da surpresa no futebol feminino, agora uma vinda do andebol: a Espanha está fora do torneio. A seleção do país vizinho foi batida pelo Comité Olímpico Russo por 34-31 e acabou 'tramada' pela Suécia, que perdeu diante da Hungria por 26-23.

Ora, com esta vitória, as húngaras saltam para quarto e avançam para os quartos-de-final, juntamente com Suécia, as russas e ainda a França, esperando agora pelo sorteio para saber qual o adversário na próxima ronda.

Eis as apuradas para os 'quartos'

Noruega
Holanda
Montenegro
Coreia do Sul
Suécia
Comité Olímpico Russo
França
Hungria

02.08.2021
Uma interrupção cheia de significado...

Marcell Jacobs é o novo campeão olímpico dos 100 metros, e o sucesso do italiano não passa indiferente a ninguém. Muito menos ao primeiro-ministro do país, Mario Draghi, que quis dar os parabéns ao velocista por telefone a meio... de uma entrevista.

A carregar o vídeo ...
Entrevista ao campeão olímpico dos 100 metros interrompida... pelo primeiro-ministro italiano
02.08.2021
Futebol: Estados Unidos ficam pelo caminho no feminino
Reuters

Enorme surpresa! O Canadá, bronze nas duas últimas edições dos Jogos, afastou os Estados Unidos, e está na final do torneio feminino. Um golo de Jessie Fleming, de penálti aos 73', ditou o triunfo das canadianas, que agora irão defrontar a vencedora da partida entre Austrália e Suécia. Já os Estados Unidos lutarão pelo bronze diante da equipa que for derrotada nessa partida.

02.08.2021
Atletismo: Lorène Bazolo em sétimo na série das 'meias' dos 200m
Eurosport

Lorène Bazolo ficou em sétimo na sua série das meias-finais dos 200 metros, ao correr a distância em 23.20 segundos. A portuguesa, de 38 anos, melhorou em um centésimo a sua marca da qualificação, mas ficou ainda aquém do seu recorde pessoal. Mesmo assim, tendo em conta a concorrência fortíssima, e o facto de se ter apurado numa eliminatória com uma favorita ao ouro (que ficou pelo caminho), o balanço só pode ser positivo.

Nesta eliminatória, refira-se, avançam Shelly-Ann Fraser-Pryce (22.13), da Jamaica, e ainda Beatrice Masilingi (22.40), da Namíbia.

02.08.2021
Atletismo: Lorène Bazolo quase a começar
Eurosport
02.08.2021
Dupla do 49er e o adiamento da Medal Race: «Aumenta a tensão e ansiedade, mas não para o nosso lado»

O adiamento da Medal Race de 49er, de segunda para terça-feira, vai colocar mais pressão nos adversários de Jorge Lima e José Costa, sextos na classificação, com a dupla "bastante relaxada e tranquila" para as decisões em Tóquio'2020.

 Leia as declarações.

02.08.2021
Atletismo: sessão da noite quase a começar
Reuters

Neste momento decorrem as cerimónias protocolares de entrega das medalhas da sessão da manhã e dentro de dez minutos arrancará a sessão da noite, com Lorène Bazolo e Liliana Cá em ação.

02.08.2021
Ginástica artística: Jade Carey impõe-se em prova com dois bronzes
Reuters

A norte-americana Jade Carey conquistou a medalha de ouro no solo, com 19.366 pontos, com a italiana Vanessa Ferrari (14.200) e garantir a prata. A japonesa Mai Murakami e a russa Angelina Melnikova, ambas com 14.166, partilharam o bronze.

02.08.2021
Ciclismo de pista: China garante ouro depois de bater recorde do mundo nas eliminatórias
Reuters

A China ganhou o seu primeiro ouro no ciclismo de pista no sprint por equipas femininas. A formação chinesa, que já tinha batido o recorde do Mundo na qualificação (31.804 minutos), concluiu a final em 31.895. A Alemanha foi segunda, a apenas 0.085 segundos, e a Rússia terceira (32.252).

02.08.2021
Tiro: Changhong Zhang ganha o ouro com carabina a 3 posições
Reuters

O chinês Changhong Zhang foi quem teve a pontaria mais afinada e acabou por garantir o ouro na final de tiro de carabina a 3 posições. O russo Sergey Kamenskiy conquistou a prata e o sérvio Milenko Serbic o bronze.

02.08.2021
Treinador de Patrícia Mamona "anestesiado com as emoções" depois da "final maravilhosa"
EPA

José Uva, o treinador de Patrícia Mamona, assumiu-se esta segunda-feira anestesiado pela final maravilhosa do triplo salto nos Jogos Olímpicos Tóquio'2020, em que a portuguesa se apresentou na melhor forma de sempre e conseguiu o melhor resultado possível. Leia mais aqui.

02.08.2021
Halterofilismo: Zhouyu Wang domina nos 87 kg
Reuters

A chinesa Zhouyu Wang conquistou a medalha de ouro na categoria de 87 kg ao levantar um total de 270 kg. A equatoriana Tamara Salazar Arce (263 kg) ficou com a prata e a dominicana Crismery Peguero (256 kg) com o bronze.

02.08.2021
Simone Biles vai competir na trave

A federação norte-americana de ginástica confirmou que Simone Biles vai competir amanhã na final da trave.  

02.08.2021
Ginástica Artística: Yang Liu conquista o ouro nas argolas
Reuters

O chinês Yang Liu sagrou-se campeão olímpico ao vencer a final de argolas, com 15.500 pontos. O compatriota Hao You (15.300) e o grego Eleftherios Petrounias (15.200) completaram o pódio.

02.08.2021
Há uma história atrás do ouro partilhado pelos atletas do salto em altura
Reuters

A partilha do ouro por parte do italiano Gianmarco Tamberi e do qatari Mutaz Essa Barshim no salto em altura comoveu o Mundo, mostrando o verdadeiro espírito olimpico. Mas a verdade é que os dois são amigos fora das pistas... Leia mais aqui.

02.08.2021
Vela: Medal Race do 49er já tem hora marcada
Reuters

Adiada para terça-feira por causa da falta de vento, a Medal Race do 49er, com José Costa e Jorge Lima em ação, irá disputar-se a partir das 5h33 (hora de Lisboa).

02.08.2021
Ciclismo de pista: cai o primeiro recorde do Mundo
Reuters

No primeiro dia de ação no velódromo... cai o primeiro recorde do Mundo. Foi na prova de perseguição por equipas, com a Alemanha a 'destruir' o anterior máximo por quase 3 segundos. 4:07.307 é o novo recorde mundial (e olímpico!) da especialidade, fixado por Franziska Brausse, Lisa Brennauer, Lisa Klein e Mieke Kroeger. E ainda estamos nas qualificações...

02.08.2021
Basquetebol: segue a sequência ganhadora das norte-americanas
Reuters

A questão não é se ganharam, mas quando vão perder... Esta madrugada, diante da França, a seleção norte-americana feminina de basquetebol alcançou a 52.ª partida consecutiva a vencer no torneio olímpico, ao levar de vencida a França por 93-82.

As gaulesas ainda assustaram, mas um último quarto em grande nível permitiu o triunfo que coloca os EUA no topo do Grupo rumo aos quartos-de-final. Quem também avança é a França (como uma das melhores terceiras), enquanto o Japão se apura como segundo colocado neste Grupo B.

Do ponto de vista individual, nesta partida A’ja Wilson acabou com 22 pontos e 7 ressaltos, ao passo que Breanna Stewart se destacou com 17 pontos, 7 ressaltos e 7 assistências.

02.08.2021
Boxe: irlandês celebrou em demasia, lesionou-se e... falhou a luta pela final olímpica
Getty Images

Da próxima vez que vencer um combate, Aidan Walsh provavelmente irá ter muito cuidado quanto à forma como o celebra. Pelo menos se no horizonte estiver uma conquista maior, como uma medalha de ouro ou prata olímpica. É que na sexta-feira passada, após assegurar a passagem para as meias-finais (ao derrotar Merven Clair) e ficar mais perto de conseguir, pelo menos, a prata nos peso meio-médio, o pugilista irlandês excedeu-se nos festejos, deu um salto em celebração e ao cair acabou por torcer o tornozelo.

Leia a história aqui.

02.08.2021
As finais em falta

Com o adiamento da decisão do 49er na vela, e já com outras resolvidas, eis a agenda de finais para este dia.

7:50 - Halterofilismo (87kg feminino)
8:50 - Tiro (carabina a 3 posições masculina)
9:00 - Equestre (final por equipas)
9:00 - Ginástica artística (argolas)
9:57 - Ginástica artística (solo feminino)
10:09 - Ciclismo de pista (sprint por equipas feminino)
10:51 - Ginástica artística (saltos de cavalo masculino)
11:30 - Luta grego-romana (60kg masculinos)
11:30 - Luta grego-romana (130kg masculinos)
11:50 - Halterofilismo (+87kg feminino)
12:00 - Atletismo (lançamento do disco feminino)
12:45 - Equestre (saltos de obstáculos)
12:50 - Badminton (singulares masculinos)
12:55 - Luta livre (76kg masculinos)
13:15 - Atletismo (3000m obstáculos masculinos)
13:40 - Atletismo (5000m femininos)

02.08.2021
Badminton: dupla feminina da Indonésia leva o ouro
Reuters

A Indonésia leva para casa o ouro na prova de duplas femininas, graças ao triunfo do duo composto por Greysia Polii e Apriyani Rahayu sobre as chinesas Qing Chen e Yi Fan Jia. A dupla indonésia venceu em dois sets, por 21-19 e 21-15, conquistando a sua primeira medalha numa prova internacional. Já o bronze ficou para as sul-coreanas Soyeong Kim e Heeyong Kong, depois de um triunfo sobre as compatriotas Sohee Lee e Seungchan Shin também por 2-0 (21-10 e 21-17)

02.08.2021
Tiro: francês iguala recorde olímpico e alcança ouro na pistola a 25 metros
Reuters

Numa das várias finais que teremos até final do dia, o francês Jean Quiquampoix venceu o ouro no tiro com pistola de velocidade 25 metros. O atirador gaulês triunfou com 34 pontos, igualou o recorde olímpico na especialidade e relegou para o segundo posto o cubano Leuris Pupo, ouro de Londres'2012, com 29. No derradeiro lugar do pódio ficou o chinês Yuehong Li, com 26, após desempate com o sul-coreano Daeyoon Han.

02.08.2021

Com o adiamento da vela, apenas voltaremos a ter portugueses em ação na jornada de hoje já perto do meio dia, com Lorène Bazolo às 11h25 nas 'meias' dos 200 metros e Liliana Cá na final do disco às 12 horas.

02.08.2021
Canoagem: adversários dos portugueses nas 'meias' conhecidos

Teresa Portela será a primeira a entrar em cena nas 'meias' de terça-feira, com prova marcada para as 9:30 locais (1:30 de Lisboa). À canoísta do K1 200 tocaram quase todas as candidatas ao pódio, nomeadamente, a campeã olímpica, a neozelandesa Lisa Carrington, a dinamarquesa Emma Jorgensen, a polaca Marta Walczykiewicz e a espanhola Teresa Portela, com o mesmo nome e treinador que a portuguesa.

Já Fernando Pimenta entra em ação pelas 10:08 (2:08 em Lisboa) no K1 1000, numa meia-final na qual estão apenas dois dos seus principais rivais, nomeadamente, o húngaro Adam Varga e bielorrusso Aleh Yurénia. Apuram-se os quatro primeiros de cada série.

Saiba mais aqui.

02.08.2021
Vela: regatas adiadas

As condições climatéricas voltaram a fazer das suas e as regatas de hoje da vela, incluindo a Medal Race dos 49er, foram adiadas para terça-feira.

02.08.2021
Balanço das primeiras horas dos portugueses

Cumpridas primeiras horas de ação dos portugueses neste 10.º dia de Jogos Olímpicos, o balanço é francamente positivo. Dos seis atletas em competição, quatro conseguiram o apuramento para as rondas seguintes, sendo que um deles teve de esperar (e sofrer) por uma decisão na secretaria.

Foi precisamente na primeira prova do dia com portugueses: os 1500 metros. Salomé Afonso, em estreia, foi afastada, antes de Marta Pen Freitas ter vivido uma situação habitual no mundo da corrida, mas que nenhum atleta quer enfrentar. A portuguesa foi 'bloqueada' por uma opositora na sua eliminatória, ficou inicialmente fora das apuradas para as 'meias', mas acabou por ser readmitida na prova após recurso do COP.

Ainda no atletismo, menos dramática foi a prova de Lorène Bazolo. Sem espinhas, a veterana velocista portuguesa apurou-se para as meias-finais dos 200 metros, ao fechar em segundo na sua eliminatória, à frente de uma das grandes candidatas às medalhas, a jamaicana Shericka Jackson, bronze nos 100 metros.

Por fim, a canoagem. No primeiro dia de provas, Teresa Portela foi segunda na sua série do K1 200 e avançou para as 'meias', tal como Fernando Pimenta no K1 1000, sendo que no caso do canoísta de Ponte de Lima o apuramento foi com vitória na eliminatória. Menos sorte teve Joana Vasconcelos. Foi apenas quinta na sua eliminatória, teve de ir aos 'quartos' para também chegar às 'meias', mas ficou-se pelo quarto posto nesta fase e ficou pelo caminho. Tem ainda o K1 500, a sua especialidade para se redimir.

02.08.2021
Andebol: Brasil e Angola fora do torneio feminino
Reuters

As seleções de Brasil e Angola foram esta madrugada afastadas do torneio feminino, depois da canarinha ter perdido diante da França, por 29-22, e das angolanas terem empatado a 31 com a Coreia do Sul.

Num jogo do Grupo A, as angolanas tinham de vencer para seguir em frente, mas acabaram por não passar de uma igualdade num jogo no qual ao intervalo até venciam por 17-16. Angola e Coreia do Sul acabaram ambas com 3 pontos, mas as asiáticas fecham à frente na tabela por terem melhor diferença de golos.

Quanto ao Brasil, até podia somente empatar diante da França, mas acabou por perder por claríssimos 29-22 e ficou pelo caminho no Grupo B, ao contrário das gaulesas, que conseguiram, ainda que com sofrimento, alcançar uma vaga nos 'quartos', onde já está a Suécia e o Comité Olímpico Russo.

02.08.2021
Joana Vasconcelos: «Agora é tempo de me focar no K1 500»

A canoísta Joana Vasconcelos admitiu que "queria mais" na prova de K1 200 metros dos Jogos Olímpicos, embora a sua prioridade em Tóquio'2020 seja o K1 500 metros, para os quais se qualificou.

"Não fiquei muito feliz, pois queremos sempre mais. Fiz uma falsa largada e isso condicionou-me na segunda partida, onde não arrisquei tanto. Ficaria contente se fosse mais além, porém agora é tempo de me focar no K1 500 e espero que corra melhor", disse, à Lusa.

Leia as declarações.

02.08.2021
Atletismo: o motivo do protesto português quando a Pen Freitas
O incidente de corrida que quase tirou Marta Pen das 'meias' dos 1500 metros
02.08.2021
Atletismo: protesto foi aceite e Marta Pen Freitas está nas 'meias'

Marta Pen Freitas está nas meias-finais dos 1500 metros, segundo revelou a própria atleta nas redes sociais - algo posteriormente confirmado pelo Comité Olímpico Português (COP). A portuguesa foi reintegrada na prova, depois da organização ter aceite o protesto apresentado pelo COP, devido ao incidente de corrida no qual a portuguesa foi 'bloqueada' na fase final da prova pela marroquina Rababe Arafi.

02.08.2021
Pen Freitas: «Por uma coisa externa não pude mostrar o que sou capaz»
Reuters

Ainda à espera do resultado do recurso apresentado pelo COP por conta do sucedido na sua eliminatória, Marta Pen Freitas surgiu visivelmente emocionada na zona mista do Estádio Olímpico pelo facto de ter falhado o apuramento para as meias-finais dos 1500 metros. À RTP, a atleta lusa não escondeu a tristeza, mas frisou estar orgulhosa por aquilo que conseguiu neste caminho.

"Às vezes o desporto, tal como na vida, temos algum talento, investimos e trabalhamos o máximo possível para agarrar as oportunidades mas às vezes uma pandemia acontece... Nos 1500 metros é comum haver este tipo de situações [contacto com outra oponente]. Claro que é sempre mais difícil de gerir quando é connosco e quando... Estou bastante orgulhosa da minha preparação até aqui, claro que queria um resultado para conseguir mostrar. No desporto não interessam os treinos, temos de chegar à pista e fazer", começou por referir Marta Pen.

"Sinto que estava numa forma incrível, tenho feito imenso trabalho para voltar aqui cinco anos depois, trabalhado com as pessoas certas. O Benfica, que me tem apoiado sempre, o Lidl e o meu projeto com a Brooks, nos Estados Unidos. Isso gera e exige de mim, muitas vezes, alguns sacrifícios, que valem a pena por poder vir aqui. E aqui nada é merecido, é conquistado! Eu infelizmente, por uma coisa externa a mim não fui capaz de conquistar aquilo que era capaz. Mas o desporto é assim. Custa um bocadinho, mas estou super orgulhosa, sou uma felizarda por fazer aquilo que amo, que gosto", acrescentou.

02.08.2021
O que falta aos portugueses no dia de hoje

Cumprida esta primeira vaga de atletas portugueses, vamos ter agora um pequeno período de pausa, até às 6h33, quando entrar em cena a dupla de 470 na vela. Diogo Costa e Pedro Costa terão duas regatas para cumprir, em busca da Medal Race. E será precisamente uma Medal Race o que se seguirá, pelas 7h33, com o 49er de Jorge Lima e José Costa a tentar chegar ao pódio. Não será fácil, mas não é impossível.

Depois, já na sessão da noite em Tóquio, Lorène Bazolo tentará o passaporte para a final dos 200 metros pelas 11h25 e Liliana Cá disputará a decisão do disco pelas 12 horas.

02.08.2021
Fernando Pimenta: «Medalhas? Não penso sequer nisso»

"Não penso sequer nisso. A minha maior medalha já a tenho, é a Margarida [filha]. Estar este tempo todo longe dela mexe muito comigo. Tudo o que vier será bem vindo. O trabalho está feito, estou a desfrutar do processo de treino e de sofrimento. Agora é honrar o melhor possível os portugueses e todos aqueles que acreditaram em mim. O objetivo amanhã é ficar nos quatro primeiros. Depois na final a conversa é outra. Serão provas muito bonitas de se ver e é aguardar na expectativa", disse, em declarações à RTP.

02.08.2021
Canoagem: Joana Vasconcelos fora das 'meias' no K1 200
Eurosport

A portuguesa precisava de ser uma das duas primeiras nos quartos-de-final, mas não foi além do quarto posto, o que a afasta das 'meias'. Joana Vasconcelos faz 43,379 segundos, a 1,651 de Andreanne Langlois e a cerca de um segundo de Qing Ma, a última apurada.

Joana Vasconcelos segue em cena nos Jogos, agora no K1 500, naquela que é a sua maior especialidade.

02.08.2021
Atletismo: ouro nos 100m barreiras para Porto Rico
Reuters

Jasmine Camacho-Quinn é a nova campeã olímpica dos 100 metros barreiras. Favorita à partida, a atleta de Porto Rico venceu com 12,37 segundos, à frente da norte-americana Kendra Harrison (12,52) a jamaicana Megan Tapper (12,55).

Camacho-Quinn dá ao seu país o primeiro ouro da sua história no atletismo e o segundo de sempre, após o título de Monica Puig no ténis em 2016.

02.08.2021
Teresa Portela avança diretamente mas queria mais: «Tenho a noção de que não fiz a minha prova perfeita»
Reuters

A canoísta Teresa Portela apurou-se esta segunda-feira para as meias-finais da prova de K1 200 metros dos Jogos Olímpicos Tóquio'2020, embora não tenha ficado satisfeita com a sua prova, na qual acabou na segunda posição.
 
"Gostava de ter ganho a eliminatória. Tenho a noção de que não fiz a minha prova perfeita. Sou das que largo melhor e não consegui. Acontece muito na minha primeira regata, não sei porquê", disse a atleta à Lusa.

Leia as declarações completas.

02.08.2021
Fernando Pimenta: «Entrámos a vencer e com boas sensações»
Eurosport

O canoísta Fernando Pimenta destacou esta segunda-feira as "boas sensações" que teve no apuramento para as meias-finais do K1 1.000 metros dos Jogos Olímpicos, desejando "mantê-las" na terça-feira durante esse desafio e a regata das medalhas.

"Entrámos a vencer e com boas sensações. A prova foi um pouco dura, com vento de frente. Tentei ser bastante regular e qualificar-me já, pois assim tenho tempo para pensar no próximo desafio", disse à Lusa.

Leia as declarações completas.

02.08.2021
Atletismo: COP anuncia protesto por causa de Pen Freitas
02.08.2021
Atletismo: ouro no salto em comprimento vai para a Grécia
Reuters

Está entregue o primeiro título olímpico do dia e logo com uma enorme surpresa, com drama à mistura. O grego Miltiadis Tentoglou, que mesmo tendo a melhor marca mundial do ano, não era o favorito, acaba por vencer o ouro isto num concurso no qual fez 8,41 metros, a mesma marca do segundo colocado, o grande favorito cubano Juan Miguel Echevarria. Aqui funcionou o fator de desempate pelo segundo melhor salto e aí foi helénico a levar a melhor. A fechar o pódio ficou o também cubano Maykel Masso

02.08.2021
Atletismo: situação de Pen Freitas em suspenso

O Comité Olímpico de Portugal partilhou há pouco um 'tweet' no qual revelava que Marta Pen teria sido reintegrada no concurso dos 1500 metros, com apuramento para as 'meias', depois de um protesto apresentado. A publicação foi entretanto apagada. Aguardamos mais novidades...

02.08.2021
Atletismo: Bazolo com o 23.º melhor tempo entre as apuradas

Estão fechadas as eliminatórias dos 200 metros e Lorène Bazolo avança com o 23.º melhor tempo de todas as apuradas. A portuguesa correu na série mais lenta, poupou-se até e chega às 'meias' em busca de mais. A mais rápida foi Christine Mboma, da Namíbia, jovem de apenas 18 anos, que fez uns incríveis 22,11 que são um novo recorde mundial de Sub-20.

A grande surpresa é mesmo a ausência de Shericka Jackson, que já tinha sido bronze nos 100 metros. A jamaicana foi apenas quarta na série de Bazolo, com 23,26 segundos, e falha as meias-finais. Incrível!

02.08.2021
Lorène Bazolo após apuramento para as 'meias'
Reuters

Minutos depois de ter conseguido o apuramento para as meias-finais dos 200 metros, Lorène Bazolo falou à RTP e partilhou a sua alegria por aquilo que conseguira. De olho na próxima ronda, a veterana velocista, de 38 anos, só pensa em repetir a receita.

"Os objetivos passam por fazer igual àquilo que fiz. Fiquei feliz com a minha corrida, sem stress, consegui correr tecnicamente bem sem pensar em nada e no fim via o resultado que saía."

Recorde nacional nas 'meias'?

"Desejamos sempre os recordes, trabalhamos para isso, mas às vezes dámos tudo e não sai. O que posso pensar é correr tecnicamente bem, fazer tudo que treinei, conseguir fazer bem na prova, acredito que um bom resultado sairá. Se for recorde pessoal, ficarei mais feliz"

Diferença para os 100m, onde falhou o apuramento

"Nos 200 vim na expectativa, na minha série estava a melhor dos 100 metros. Fui sem expectativas, pensei em correr bem tecnicamente e senti-me feliz com a minha corrida, deu este resultado e fico feliz. "

02.08.2021
Atletismo: Lorène Bazolo nas 'meias' dos 200 metros
Eurosport

A portuguesa acaba a série nas eliminatórias na segunda posição e consegue o apuramento direto para as meias-finais (que apurava as três primeiras). A veterana lusa, de 38 anos, fez 23.21 segundos (tem como recorde pessoal os 22,93 conseguidos este ano), ficou apenas atrás de Anthonique Strachan, que fez 22,76.

A meia-final corre-se ainda esta segunda-feira, na sessão da noite (manhã de Lisboa), pelas 11h25.

02.08.2021
Canoagem: Fernando Pimenta nas 'meias' do K1 1000 sem forçar
Eurosport

O canoísta português começou da melhor forma a sua participação nos Jogos Olímpicos, ao apurar-se diretamente para as meias-finais (amanhã) no K1 1.000 metros, depois de vencer a 3.ª série das eliminatórias. Na pista cinco, o português de 31 anos natural de Ponte de Lima liderou a prova desde o início e terminou com o tempo de 3.40,323 minutos. No segundo lugar ficou o eslovaco Peter Gelle, a 1.808 segundos do português.

Recorde-se que os dois primeiros classificados de cada uma das cinco séries das eliminatórias avançam diretamente para a meias-finais que se disputam amanhã, sendo que os restantes classificados terão de disputar mais logo os quartos-de-final (12h37).

02.08.2021
Patrícia Mamona ambiciosa após a prata olímpica: «Acho que ainda dá para mais»

Após receber a medalha de prata em Tóquio, Patrícia Mamona falou à RTP e partilhou o seu estado de espírito.

"E foi. Fechei os olhos durante duas horas, porque estavam mesmo pesados, mas o meu coração continuava a bater muito forte e quando acordei... já estava acordada. E agora, parece que já está a assentar, é realidade, tenho a medalha aqui. É pesada, é um sentimento de que valeu a pena todo o trabalho, toda a dedicação, toda a motivação... E é confiante que ainda dá para mais. Sinceramente acho que ainda dá para mais e estou a pensar já no futuro. Quero ter mais sensações muito parecidas com estas. Mas para já vou desfrutar do momento e muito obrigada a todos os portugueses. Até me sinto mal porque não consigo responder a todos, é muito complicado"

"Cada vez mais tenho mais noção, mas acima de tudo a mensagem importante é inspirar as próximas gerações, porque eles é que são o futuro e dar continuidade à essência do desporto. Porque é isto, trabalhar e vir a estes palcos mostrar o que somos capazes. Fomos muito felizes nesta competição do triplo"

"Só vi mesmo o dos 15,01. Fazer parte do clube dos 15 metros, quase de elite, fiquei muito contente. Mas saber que fez 12 centímetros na tábua tive de garantir que eram mesmo 15 metros... Vou desfrutar e tentar com mais calma ver os outros saltos. A competição foi boa. Vi os resultados, em três saltos fiz recorde nacional, o que mostra consistência, quando isso sucede é porque há possibilidade para saltar ainda mais"

"Vai estar comigo, porque de vez em quando com a emoção esqeucemos nos avisões. Vou fazer questão de a ter sempre comigo ao peito. Depois vou ter de arranjar um sítio especial, ao lado da minha medalha dos Europeus. Cada vez mais estou a pensar que tenho de criar um museu caseiro para guardar estas coisas, que são muito importantes na minha vida, porque isto é a minha vida."

02.08.2021
Patrícia Mamona no pódio

A portuguesa recebe agora a medalha de prata conquistada no triplo salto.

02.08.2021
Atletismo: Marta Pen Freitas fora das 'meias' após corrida acidentada
Reuters

Marta Pen Freitas conclui a sua participação nestes 1500 metros com um 10.º posto na eliminatória e falha as meias-finais depois de ter estado envolvida num pequeno incidente de corrida nos derradeiros instantes da prova.

A portuguesa estava em recuperação, seguia num ritmo muito bom, mas acabou por 'chocar' de forma insólita com Rababe Arafi, que praticamente... parou. Pen demorou a recuperar o ritmo e fecha com 4.07.33. Um tempo até próximo da sua melhor marca do ano (4:07.06), mesmo com este percalço.

Marta Pen Freitas ficou em 28.º no conjunto das eliminatórias, a 1.11 segundos do apuramento por repescagem.

02.08.2021
Canoagem: Teresa Portela nas meias-finais do K1 200
Eurosport

A portuguesa assina uma excelente performance e avança diretamente para as 'meias'. Apenas a chinesa Mengdie Yin (41,688 segundos) conseguiu bater Portela, que fecha a 0,362 segundos.

Portela apenas voltará à ação na próxima madrugada, ao passo que Joana Vasconcelos ainda terá de correr hoje nos quartos-de-final.

02.08.2021
Canoagem: Joana Vasconcelos já fez a sua estreia

A portuguesa foi 5.ª na sua série do K1 200, ao cruzar a linha de meta em 43.059 segundos, a 1.961 da vencedora. Vasconcelos avança para os quartos-de-final. Segue-se Teresa Portela dentro de alguns minutos.

02.08.2021
Atletismo: a loucura de Hassan tem novo capítulo
Reuters

Nesta prova dos 1500 metros o grande foco de interesse do ponto de vista internacional é mesmo a loucura que Sifan Hassan quer continuar a cumprir. A holandesa tenciona participar nos 1500, 5000 e 10000 e sempre com as medalhas na mira. O desafio é enorme, mas Hassan já mostrou do que é capaz quando em 2019 se tornou na primeira da história a vencer duas provas de pista (1500 e 10000) no mesmo evento internacional, no caso o Mundial. A questão aqui é que Hassan não terá apenas de correr as finais, pois há eliminatória para fazer, pelo menos nos 1500 e 5000. Nos 5000, refira-se, a final é já hoje à noite.

Já nestes 1500 corre a sua eliminatória nesta segunda série.

02.08.2021
Atletismo: Salomé Afonso já terminou prova nas eliminatórias dos 1500m
Eurosport

A portuguesa conclui a sua prova no 13.º posto nesta série, com 4:10.80 minutos. A jovem portuguesa reagiu algo tarde ao aumentar de ritmo e ficou para trás. Mesmo assim, não podemos esquecer que se trata de uma estreia num palco desta dimensão, aos 23 anos.

02.08.2021
Salomé Afonso pronta a competir
Eurosport
02.08.2021
Salomé Afonso quase a estrear-se

Arranca dentro de momento a primeira eliminatória dos 1500 metros, com Salomé Afonso em estreia em Jogos Olímpicos.

02.08.2021
Um olhar às modalidades coletivas

Vamos então à já habitual ronda de recolha de duelos a seguir nas modalidades coletivas.

A começar no basquetebol, com o destaque a ir para o França-Estados Unidos, mas também para o duelo entre Japão e Nigéria, no qual as nipónicas tentarão uma vitória que as coloque na próxima ronda.

No futebol, pela manhã, teremos os encontros das meias-finais do torneio feminino, com um duelo de titãs entre Estados Unidos e Canadá e ainda um Austrália-Suécia. Os jogos estão marcados para as 9 e 12 horas, respetivamente.

No andebol, no torneio feminino teremos um Coreia do Sul-Angola a abrir a jornada, à 1, seguido pelo França-Brasil, às 3, e do Espanha-ROC, às 6h15. Haverá ainda um Hungria-Suécia às 8h15 e, a fechar, um Noruega-Japão, às 13h30.

02.08.2021
O que já está em andamento

Neste momento já decorrem as qualificações do martelo no atletismo, mas também encontros de andebol, tiro, voleibol e voleibol de praia. Como em todos os dias, o arranque é sempre a meio gás, mas daqui a pouco tudo ficará em forte andamento. Já iremos dar conta dos principais destaques para lá das finais.

02.08.2021
Patrícia Mamona recebe medalha esta madrugada

Vicecampeã olímpica, Patrícia Mamona recebe por volta das duas horas a medalha de prata. Um momento que vamos querer ver e sentir com especial emoção.

01.08.2021
O programa dos portugueses

O dia de hoje será, como dissemos, de estreia da canoagem, com a entrada em cena de Fernando Pimenta no K1000 e ainda de Teresa Portela e Joana Vasconcelos no K1 200. Além da canoagem, nas águas teremos ainda em ação a dupla do 49er em busca de melhorar o atual sexto posto na Medal Race da classe (tem hipóteses reais de chegar ao quarto posto) e ainda no atletismo, com o arranque dos 1500m e dos 200m. A fechar a jornada, nova final no Estádio Olímpico, com Liliana Cá na decisão do disco.

Abaixo tem o calendário completo, que pode guardar como imagem e/ou partilhar com os seus.

01.08.2021
Arranca mais uma jornada

Bom dia! Como estão? Já recuperados das emoções do dia de ontem? Nós por aqui confessamos que... ainda não! Mas vamos lá à décima jornada destes Jogos Olímpicos, num dia que contará com a entrada em cena da canoagem, uma das modalidades nas quais o nosso país deposita muitas esperanças para ver repetido o sucesso tanto de Jorge Fonseca como Patrícia Mamona. Já sabe, tudo para seguir aqui no seu Record.

01.08.2021
As finais do dia

Mesmo sem as decisões da natação, que ontem tiveram o seu desenlace, teremos esta madrugada/manhã/tarde várias finais para definir os novos campeões olímpicos. A saber.

2:20: Atletismo (salto em comprimento masculino)
3:50: Atletismo (100m barreiras)
5:50 - Badminton (duplas femininas)
6:30 - Tiro (pistola de velocidade 25 metros masculina)
6:33 - Vela (49er feminino)
7:33 - Vela (49er masculino)
7:50 - Halterofilismo (87kg feminino)
8:50 - Tiro (carabina a 3 posições masculina)
9:00 - Equestre (final por equipas)
9:00 - Ginástica artística (argolas)
9:57 - Ginástica artística (solo feminino)
10:09 - Ciclismo de pista (sprint por equipas feminino)
10:51 - Ginástica artística (saltos de cavalo masculino)
11:30 - Luta grego-romana (60kg masculinos)
11:30 - Luta grego-romana (130kg masculinos)
11:50 - Halterofilismo (+87kg feminino)
12:00 - Atletismo (lançamento do disco feminino)
12:45 - Equestre (saltos de obstáculos)
12:50 - Badminton (singulares masculinos)
12:55 - Luta livre (76kg masculinos)
13:15 - Atletismo (3000m obstáculos masculinos)
13:40 - Atletismo (5000m femininos)

Por Fábio Lima e José Morgado
1
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Tóquio 2020

Notícias