Dia 14 dos Jogos Olímpicos em direto: acompanhe tudo o que se passa em Tóquio'2020

Representação portuguesa apenas na marcha e canoagem, mas há mais a acontecer

Ao Minuto

06.08.2021
Por hoje é tudo, voltamos mais logo!

Termina o 14.º dia de competições nos Jogos Olímpicos de Tóquio!

Nos 50 km marcha, a prova mais longa do programa do atletismo, João Vieira foi 5.º classificado, numa corrida que terminou a 1.20 minutos do vencedor, o polaco Dawid Tomala. O português esteve na luta pelo pódio praticamente até aos últimos 3 quilómetros...

Já nos 20 km marcha femininos Ana Cabecinha terminou na 20.ª posição, a 4.56 minutos da vencedora, a italiana Antonella Palmisano. A atleta transalpina deu a segunda vitória nos 20 quilómetros marcha ao seu país, depois de Massimo Stano também ter ganho nos homens.

Na canoagem o K4 500 português, composto por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela, conseguiu o apuramento para as meias-finais do torneio olímpico, ao terminar no quarto posto a série única dos quartos-de-final, graças a um tempo de 1.24,325 minutos.

Consulte aqui todos os resultados dos portugueses, bem como o medalheiro.

Se quiser saber mais sobre os Jogos Olímpicos, não deixe de acompanhar o nosso especial!

06.08.2021
Futebol: Canadá conquista o ouro nos penáltis
Reuters

O Canadá conquistou a medalha de ouro em futebol feminino, ao derrotar a Suécia numa partida decidida nos penáltis.

Stina Blackstenius, após passe de Kosovare Asllani, abriu o marcador para a Suécia aos 34 minutos, mas a Suécia empatou aos 68', através de uma grande penalidade apontada por Jessie Fleming.

O encontro terminou, veio o prolongamento, mas o resultado manteve-se inalterado. Na decisão por penáltis, o Canadá marcou 3, contra os dois apontados pela Suécia, e garantiu, assim, a medalha de ouro.

06.08.2021
Atletismo: Itália surpreende nos 4x100 metros
Reuters

Surpreendente a final do 4x100 metros masculinos. A Itália, na pista 8, com o campeão olímpico dos 100 metros (Lamont Marcell Jacobs) em prova, conquistou o ouro depois de um último segmento notável. Filippo Tortu começou bem atrás do atleta britânico, mas num ápice passou para a frente. A Itália venceu em 37,50 segundos (recorde nacional), com a Grã-Bretanha (37,51) a ficar com a prata e o Canadá (37,70) com o bronze. 

06.08.2021
Atletismo: Jamaicanas seguem imparáveis
Reuters

A Jamaica tem dominado as provas de velocidade em femininos e confirmou isso mesmo na estafeta 4x100 metros, vencendo com o 41,02 segundos. Os Estados Unidos foram segundos (41,45) e a Grã-Bretanha (41,88) completou o pódio.

06.08.2021
Escalada: Janja Garnbret leva a melhor sobre as japonesas

A eslovena Janja Garnbret dominou a final feminina combinada de escalada, com as japonesas Miho Nonaka e Akiyo Noguchi a completarem o pódio.

06.08.2021
Luta livre: Mayu Mukaida garante mais um ouro para o Japão
Reuters

A japonesa Mayu Mukaida bateu a chinesa Qianyu na final da categoria de 53 kg e garantiu a medalha de ouro. No combate pelo bronze, a mongol Bolortuya Ochir levou a melhor sobre a camaronesa Joseph Tiako.

06.08.2021
Atletismo: Shiying Liu vence no dardo feminino
Reuters

A chinesa Shiying Liu impôs-se no dardo feminino e conquistou a medalha de ouro com um lançamento de 66,34 metros. A polaca Maria Andrejczyk (64,61) e a australiana Kelsey-Lee Barber completaram os restantes lugares do pódio.

06.08.2021
Karaté: Ryo Kiyuna conquista o ouro
Reuters

O japonês Ryo Kiyuna conquistou a medalha de ouro no karaté (kumite -75kg masculino), com o espanhol Damian Quintero a ficar com a prata. As medalhas de bronze foram para o turco Ali Sofuoglu e para o norte-americano Arfiel Torres Gutierrez

06.08.2021
Atletismo: Faith Kipyegon de ouro com recorde olímpico nos 1500m
Reuters

A queniana Faith Kipyegon é a nova campeã olímpica dos 1500 metros, ao vencer em 3:53.11 minutos que são um novo recorde dos campeonatos. A este título, a queniana rouba já o sonho da tripleta a Sifan Hassan - depois do ouro nos 5000 metros -, holandesa que nesta final acusou o cansaço e foi apenas terceira, atrás de uma surpreendente Laura Muir, que com 3:54:50 fixou um novo recorde nacional.

Depois desta final, Hassan pode, ainda assim, ir buscar uma terceira medalha nos 10000 metros, a correrem-se no sábado. Veremos como está depois desta 'tareia'...

06.08.2021
Karate: Jovana Prekovic faz história para a Sérvia
Reuters

No Kumite feminino (-61kg), a sérvia Jovana Prekovic venceu o ouro e tornou-se na segunda da história do país a vencer um título olímpico. A vitória surgiu numa reedição da final dos Mundiais de 2018 (que a sérvia ganhou), com triunfo sobre a chinesa Xiaoyan Yin. A turca Merve Coban e

06.08.2021
Ténis de mesa: China confirma favoritismo e leva ouro por equipas
Reuters

Numa final esperada por tudo e todos, a China confirmou o seu favoritismo e levou o triunfo sobre a Alemanha na decisão do torneio masculino por equipas. Ma Long, que fechou o triunfo com vitória sobre Timo Boll, torna-se no mesatenista mais galardoado de sempre, com cinco medalhas de ouro em Jogos Olímpicos.

06.08.2021
Atletismo: Shaunae Miller-Uibo renova título dos 400 metros
Reuters

Na segunda final do dia no atletismo, Shaunae Miller-Uibo confirmou o estatuto de candidata principal e revalida o título olímpico com 48.36 que são um novo recorde nacional e norte-americano. Em segundo fica Marileidy Paulino, que com 49.20 segundos bateu o recorde da Dominicana, ao passo que Allyson Felix, dos Estados Unidos, fecha o pódio com 49.46, uma melhor marca pessoal da época.

Stephenie Ann McPherson ficou em quarto, perdeu o bronze em cima da meta e a sua reação de fúria misturada com desilusão diz tudo...

06.08.2021
Pentatlo moderno: britânica vence com recorde olímpico
Reuters

A britânica Kate French é a grande vencedora do pentatlo moderno, ao triunfar com 1385 pontos que são um novo recorde olímpico. No segundo posto ficou a lituana Laura Asadauskaite, com 1370, e em terceiro a húngara Sarolta Kovacs, com 1368.

06.08.2021
Luta livre: japonesa Mukaida vence ouro nas 53kg
Reuters

Em mais uma discussão intensa, a japonesa Mayu Mukaida vence o ouro nas 57kg, ao derrotar na final a chinesa Qianyu Pang, por 5-4. A mongol Bolortuya Bat Ochir e a bielorrussa Vanesa Kaladzinskaya ficam com os bronzes.

06.08.2021
Luta livre: Zaurbek Sidakov domina rumo ao ouro nos 74kg
Reuters

Naquela que foi a primeira decisão na luta livre do dia, o russo Zaurbek Sidakov leva o título dos 74kg, ao derrotar de forma confortável o bielorrusso Mahamedkhabib Kadzimahamedau por 7–0 no combate pelo ouro. Na luta pelo bronze levaram a melhor o usbeque Bekzod Abdurakhmonov e o norte-americano Kyle Dake.

06.08.2021
Hóquei em campo: Holanda 'vinga' Rio e conquista ouro
Reuters

Depois da derrota na final de há cinco anos, nos penáltis diante da Grã-Bretanha, a seleção holandesa voltou aos títulos no hóquei em campo, ao derrotar na final a Argentina por 3-1. Caia Jacqueline van Maasakker foi a figura, ao marcar dois golos, aos 26 e 29 minutos. As holandesas são as primeiras de sempre a vencer quatro títulos olímpicos da modalidade.

06.08.2021
Luta livre: Gable Steveson campeão após 'batalha' com Geno Petriashvili
Reuters

Numa luta titânica, o norte-americano Gable Steveson conquista o ouro dos 125 quilos na luta livre, ao superar o georgiano Geno Petriashvilinuma final de emoções fortes de princípio a fim. A fechar o pódio, o turco Taha Akgul e o iraniano Amir Hossein Zare levam os dois bronze.

06.08.2021
Karate: Ryo Kiyuna faz história
Reuters

O japonês Ryo Kiyuna fez história ao tornar-se no primeiro campeão olímpico de kata. O karateca nipónico, vencedor de quatro medalhas nos últimos quatro Mundiais (um bronze e três ouros) derrotou na final o espanhol Damian Quintero, com um resultado de 28.72, contra os 27.66 de Quintero. Quanto aos bronzes vão para Ali Sofuoglu, da Turquia, e Ariel Torres, dos Estados Unidos.

06.08.2021
Atletismo: Cheptegei de ouro nos 5000 metros

Numa das provas mais esperadas do programa de atletismo, o ugandês Joshua Cheptegei conseguiu finalmente o seu primeiro ouro (depois da prata nos 10000), ao vencer nos 5000 metros à frente de Mohammed Ahmed, do Canadá - o ugandês sagra-se campeão com 12:58.15 minutos. Paul Chelimo fechou o pódio, com 12:59.05, numa luta titânica com Nicholas Kimeli, que surgiu em 12:59.17.

Cheptegei acaba a somente 0,37 segundos do recorde olímpico de Kenenisa Bekele, fixado em 2008... isto depois de uma final na qual acabou a 'travar'. Se tivesse dado tudo até final, era mais um recorde para o ugandês, que já tem o mundial.

06.08.2021
Bach diz que a missão do COI "não é mudar os sistemas politicos"

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, reafirmou hoje que a missão do órgão que dirige "não é mudar os sistemas políticos", como o regime de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia.Thomas Bach respondeu desta forma quando questionado se o COI pretendia adotar novas medidas contra Minsk no caso da velocista bielorrussa Krystsina Tsimanouskaya, durante uma conferência de imprensa de balanço de Tóquio2020.

O COI anunciou a expulsão dos Jogos Olímpicos dos técnicos bielorrussos Artur Shimak e Yury Maisevich, depois de criar uma comissão disciplinar para "esclarecer as circunstâncias" em torno da tentativa de repatriamento forçado de Tsimanouskaya.

O procedimento disciplinar "continua", disse o alemão Thomas Bach, acrescentando que "medidas ou sanções adicionais" podem ser tomadas se a comissão considerar necessário.

"A nossa missão e o nosso objetivo não é mudar nenhum sistema político. A nossa responsabilidade é proteger os atletas o máximo possível", adiantou o ex-campeão olímpico de esgrima.

Bach recordou que o COI não reconhece a eleição de Viktor Lukashenko, filho do presidente da Bielorrússia, como chefe do comité olímpico daquele país, por não ter garantido que os atletas do seu país não sejam discriminados pelas suas opiniões políticas.

Krystsina Tsimanouskaya, que competia nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, negou-se a regressar à Bielorrússia com medo de represálias, depois de o Governo de Minsk a acusar de "instabilidade emocional e psicológica".

A velocista de 24 anos tinha-se queixado nas redes sociais do mau planeamento das autoridades desportivas bielorrussas e, já que no passado manifestou o seu apoio aos dissidentes democráticos do seu país, declarou temer pela sua segurança e pediu proteção à polícia japonesa.

Varsóvia concedeu um visto humanitário a Tsimanouskaya e ao seu marido, Arseny Zdanevich, que viajou na quarta-feira de Minsk para a Ucrânia

06.08.2021
Moda na Jamaica...

06.08.2021
Jorge Fonseca mostra medalhas

06.08.2021
Futebol: bronze masculino vai para o México
Reuters

O lugar mais baixo do pódio no futebol masculino vai para o México, graças a uma vitória por 3-1 sobre o Japão. Em Saitama, os mexicanos venceram com golos de Francisco Córdova, Johan Vásquez e Ernesto Vega. Pelo Japão marcou Kaoru Mitoma. A final disputa-se amanhã, pelas 12h30, entre Brasil e Espanha.

06.08.2021
Oficial: maratona começa uma hora mais cedo

Está confirmado. A maratona feminina desta noite, com a presença de Sara Moreira, Carla Salomé Rocha e Sara Catarina Ribeiro, irá iniciar-se às 6 horas locais (22 horas de Lisboa).

06.08.2021
Maratona feminina antecipada

Circulam informações em Espanha, no caso partilhadas pelo treinador de Marta Galimany, de que a maratona feminina se irá disputar uma hora mais cedo. Ao invés de arrancar às 7 horas locais, passará para as 6 (22 horas de Lisboa). Aguardemos confirmação oficial.

06.08.2021
O que ainda falta disputar

Neste momento são quase 20 horas em Tóquio e vai começar dentro de cerca de 30 minutos a sessão da noite do atletismo, com seis finais a discutir. Para lá dessas, ainda temos muita ação até final da jornada e com muitas medalhas em jogo. A saber:

11h00 - Hóquei em campo (final feminina: Holanda-Argentina)
11h30 - Ténis de mesa (final masculina por equipas: China-Alemanha)
11h30 - Luta livre (74kg masculino)
11h30 - Luta livre (125kg masculino)
11h30 - Pentatlo moderno (final feminina)
11h50 - Karate (Kata masculino)
12h40 - Karate (Kumite -61kg feminino)
12h50 - Karate (Kumite -75kg masculino)
12h50 - Atletismo (lançamento do dardo feminino)
12h55 - Luta livre (53kg feminino)
13h00 - Futebol (final feminina: Suécia-Canadá)
13h00 - Atletismo (5000 metros masculinos)
13h10 - Escalada (final feminina combinada)
13h35 - Atletismo (400 metros femininos)
13h50 - Atletismo (1500 metros femininos)
14h30 - Atletismo (4x100 metros femininos)
14h50 - Atletismo (4x100 metros masculinos)

06.08.2021
UCI suspende alemão por comentários racistas

A UCI anunciou a suspensão até final do ano do diretor da seleção alemã que foi apanhado a fazer um comentário racista no decurso da prova do contrarrelógio olímpico. A cena a envolver Patrick Moster sucedeu à passagem de Nikias Arndt, quando decidiu incentivar o seu ciclista com a frase "apanha-me esses camelos", algo que motivou um enorme coro de críticas. Imediatamente afastado pelo Comité alemã, o dirigente de 54 anos é agora suspenso pela UCI.

06.08.2021
Ciclismo de pista: holandeses dominam no sprint masculino
Reuters

Numa final 100% holandesa, Harrie Lavreysen venceu no sprint masculino, batendo numa luta titânica Jeffrey Hoogland. O britânico Jack Carlin fica com o bronze, graças a uma vitória por meio segundo sobre Denis Dmitriev.

06.08.2021
O programa dos portugueses para sábado

Está cumprido o programa dos portugueses desta sexta-feira e é hora de olhar ao que vem no 15.º dia de Jogos Olímpicos. A ação começa bem cedo (ainda no dia de hoje em Portugal), com a maratona feminina, antes do K4 500 tentar confirmar a promessa de luta pelas medalhas. A saber:

06.08.2021
Andebol: França na final do torneio feminino
Reuters

A turma gaulesa é a primeira apurada para a decisão feminina, graças a uma vitória por 29-27 sobre a Suécia. Num jogo em que ao intervalo já vencia por 15-14, a equipa francesa contou com a eficácia de Grace Zaadi Deuna, com 7 golos.

Na final, a disputar no domingo, pelas 7 horas (de Lisboa), a França irá defrontar a vencedora do duelo entre Noruega e ROC, que se disputa dentro de poucos minutos. Quanto à Suécia, irá lutar pelo bronze com o derrotado do outro duelo das 'meias'.

06.08.2021
Ana Cabecinha: «Tinha de acabar, nem que fosse para dedicar ao meu pai»
Eurosport

20.ª na prova dos 20 quilómetros marcha, Ana Cabecinha assumiu que esperava mais da sua prova, mas confessou que, depois do que viveu este ano, ter ido a Tóquio e terminado a sua participação foi já uma grande conquista.

"Não era bem para este resultado que treinei. Mas foi um ano complicado... Tive Covid-19 em janeiro, a morte do meu pai em abril e chegar aqui... gerir as emoções foi muito complicado. Ter cabeça para vir foi cá muito difícil. Ponderei nem continuar a época, mas custou tanto este ano que tinha de fazê-lo e chegar ao fim, nem que fosse para dedicar ao meu pai. Foi para isso que aguentei estes meses, muito mal psicologicamente, mas o que importa foi cortar a linha de meta, concluí os meus quartos Jogos e estou felicíssima. Foi muito duro a nível psicológico, não tanto físico, porque fisicamente estou muito bem. Mas quando a cabeça não ajuda... Cheguei ao fim, não era o que queria, nem o que estavam à espera em casa, mas dei tudo de mim para cortar e chegar ao fim", declarou, em declarações à RTP.

06.08.2021
Ciclismo de pista: britânicas dominam no madison feminino
Reuters

Com uma atuação dominadora, a Grã-Bretanha leva o ouro no madison, ao acabar com 78 pontos, à frente da Dinamarca (35 pontos) e ROC (26). O duo composto por Laura Kenny e Katie Archibald não deu quaisquer hipóteses à concorrência!

06.08.2021
Atletismo: Ana Cabecinha acaba em 20.º nos 20 quilómetros marcha
Eurosport

A portuguesa termina na 20.ª posição, a 4.56 minutos da vencedora, a italiana Antonella Palmisano. A atleta transalpina dá a segunda vitória nos 20 quilómetros marcha ao seu país, depois de Massimo Stano também ter ganho nos homens. Foi uma vitória em 1:29:12 horas, à frente de Sandra Arenas, a 25 segundos, e Liu Hong, a 45. No final houve ainda espaço para um golpe de teatro na frente, com a brasileira Erica Sena a perder o pódio ao ser chamada à caixa de penalização já na reta da meta... Com essa penalização, Sena acaba em 11.º!

06.08.2021
Maria Martins e a estreia nos Jogos: «Nunca pensava que fosse alcançar tão cedo»

A portuguesa Maria Martins admitiu que quer ir "prova a prova" na estreia em Jogos Olímpicos, numa participação inédita no ciclismo de pista em Tóquio'2020, uma disciplina repleta de "adrenalina" em que compete no omnium.
 
A partir das 10:00 locais (2:00 em Lisboa), no Velódromo de Izu, a jovem de 22 anos corre scratch, tempo, eliminação e pontos na última manhã de competição, no dia em que a Cerimónia de Encerramento coloca um ponto final no evento.
 
"Estar nos Jogos é sempre um orgulho. Olhando para trás e ver o processo que tive até aqui, o quão difícil eu sei que foi qualificar-me para Tóquio, é especial. Era um sonho que eu queria realizar, mas nunca pensava que fosse alcançar tão cedo", conta à Lusa a ciclista, também campeã nacional de fundo na estrada.

Leia o artigo completo.

06.08.2021
«É inevitável não chorar»: A história da nadadora venezuelana que criou um crowdfunding para continuar a competir
Paola Pérez ao centro
Paola Pérez ao centro EPA

A história é de Paola Pérez, nadadora venezuelana que, entre muitos outros obstáculos, passou por momentos de depressão e de ansiedade, e chegou a ter de emigrar para o Chile, onde trabalhou para alugar uma piscina para poder treinar, uma vez que, no seu país natal, esse tipo de meios e instalações não estava disponível. A atleta, que chegou a ir ao Peru para participar numa prova em que a federação do seu país não lhe forneceu um fato próprio para nadar, sofreu um ataque de hipotermia devido à baixa temperatura da água, e teve de começar um crowdfunding para continuar com o seu sonho: competir. Mas a história é de superação, e Pérez conseguiu estar em Tóquio'2020 e foi vigésima classificada na prova feminina de 10km em águas abertas, a mesma onde Angélica André, atleta portuguesa, terminou na 17ª posição.

Leia a história completa.

06.08.2021
Britânico partilha experiência nas águas abertas: «Não via nada, pensei que o meu olho tinha caído na água»
Twitter

A prova dos 10 quilómetros de águas abertas, disputada na Odaiba Marine Park, na baía de Tóquio, em águas bem mais quentes do que o habitual (32 graus), foi aziaga para o britânico Hector Pardoe. Nesta competição são habituais os toques involuntários (com dois amarelos o nadador é expulso), mas a cotovelada que Pardoe sofreu na face foi assustadora.

Leia a história completa.

06.08.2021
Boxe: Julio La Cruz dá terceiro ouro a Cuba
Reuters

Na única final do dia no boxe, o cubano Julio La Cruz  conquistou o ouro nos pesos pesados masculinos (de 81 e 91 quilos), ao derrotar na final o russo Muslim Gadzhimagomedov. Foi o terceiro ouro cubano na modalidade nestes Jogos, agora com uma atuação sem espinhas, na qual triunfou por 5-0. Derrotado, Gadzhimagomedov leva a prata, ao passo que o brasileiro Abner Teixeira e o neozelandês David Nyika ficaram com os bronzes.

06.08.2021
Atletismo: marcha feminina já começou

A prova de 20 quilómetros marcha, com Ana Cabecinha, já decorre em Sapporo. Tudo para seguir aqui.

06.08.2021
Basquetebol: Estados Unidos embalados para novo título no feminino
Reuters

Os Estados Unidos garantiram um lugar na final do torneio de basquetebol feminino, após baterem a Sérvia, por 79-59, ficando a um triunfo do sétimo título consecutivo. Na Saitama Super Arena, as norte-americanas comprovaram o estatuto de super favoritas e dominaram a partida, chegando ao intervalo já a vencer por 41-23, frente à equipa que conquistou a medalha de bronze no Rio'2016.

Os Estados Unidos ficam agora à espera do vencedor do duelo da outra meia-final, entre Japão e França, duas seleções que já venceu neste torneio, para conhecer o adversário da final.

06.08.2021
Ténis de mesa: Japão vence duelo asiático pelo bronze
Reuters

A atuar em casa, o Japão conseguiu ficar com a medalha de bronze no ténis de mesa masculino, graças a um triunfo sobre a Coreia do Sul por 3-1. Os nipónicos começaram a ganhar, vencendo o duelo de duplas, antes de nos individuais venceram dois de três, com Jun Mizutani a selar a vitória com um triunfo sobre Woojin Jang por 3-0. A final decorre mais logo, entre China e Alemanha.

06.08.2021
Voleibol: EUA batem Sérvia e garantem lugar na final feminina
Reuters

A seleção feminina dos Estados Unidos qualificou-se para a final olímpica de voleibol, ao bater na meia-final a Sérvia, por 3-0 (25-19, 25-15 e 25-23). Os Estados Unidos, que nos 'quartos' se impuseram à República Dominicana, estiveram muito organizados no serviço e dominaram, com alguma facilidade, o encontro frente à Sérvia, medalha de prata há cinco anos nos Jogos Rio2016, depois de perderam a final frente à China.

06.08.2021
Emanuel Silva: «Treinámos para sermos animais dentro de água»
Reuters

Os elementos do K4 500 português na prova de canoagem dos Jogos Olímpicos Tóquio'2020 reconheceram um começo de competição irregular, mas continuam inabaláveis na confiança de sábado garantir a presença na final e um bom resultado na regata das medalhas.
 
"Esforçámo-nos bastante para estar aqui. Vamos entrar com garra, com vontade. Somos animais de guerra. Treinámos para ser animais dentro de água. É dessa forma que vamos para a semifinal, para garantir um lugar na final. É dessa forma que pensamos, trabalhamos e competimos", resumiu Emanuel Silva.

Leia as declarações completas.

06.08.2021
O que falta aos portugueses no dia de hoje

Depois de João Vieira nos 50 quilómetros marcha (com 5.º posto) e do K4 500 na canoagem (que se apurou para as meias-finais via 'quartos'), pelas 8 horas será a vez de Ana Cabecinha entrar em ação nos 20 quilómetros marcha. Uma prova que poderá acompanhar, como sempre, no site de Record.

06.08.2021
Hóquei em campo: Grã-Bretanha leva bronze no feminino
Reuters

Com uma vitória por 4-3 sobre a Índia, as britânicas alcançam o lugar mais baixo do pódio, isto num torneio no qual não conseguiram defender o título que traziam do Rio de Janeiro. Quanto ao ouro será discutido mais logo, entre Holanda e Argentina, pelas 11 horas (de Lisboa).

06.08.2021
Voleibol de praia: dupla norte-americana garante ouro
Reuters

Está entregue o segundo ouro do dia. Vai para a dupla norte-americana composta por April Ross e Alix Klineman, que há pouco derrotou as australianas Mariafe Artacho del Solar e Taliqua Clancy por 21–15 e 21–16. Já o bronze vai para a dupla suíça (composta por Anouk Verge-Depre e Joana Heidrich), que há pouco venceu o jogo pelo 3.º posto, diante da dupla letã Tina Graudina e Anastasija Kravcenoka.

06.08.2021
Canoagem: K4 500 português nas 'meias'
Eurosport

O K4 500 português, composto por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela, conseguiu o apuramento para as meias-finais do torneio olímpico, ao terminar no quarto posto a série única dos quartos-de-final, graças a um tempo de 1:24:325 minutos.

06.08.2021
Canoagem: K4 500 na luta pelas meias-finais
06.08.2021
Comité Olímpico Internacional expulsa dois treinadores da Bielorrússia

O Comité Olímpico Internacional (COI) decidiu expulsar dois treinadores da equipa da Bielorrússia dos Jogos de Tóquio pelo seu papel na tentativa de repatriação forçada da velocista Krystsina Tsimanouskaya.

O COI decidiu sancionar os treinadores Artur Shimak e Yury Maisevich na sequência de uma comissão disciplinar para "esclarecer as circunstâncias em torno do incidente", afirmou numa declaração.

"Para o bem-estar dos atletas do Comité Olímpico Nacional bielorrusso que ainda se encontram em Tóquio e como medida provisória, o COI cancelou e retirou as acreditações dos dois treinadores no dia anterior", disse o organismo internacional.

06.08.2021
Luka Doncic após adeus esloveno: «A FIBA deve estar contente»
Reuters

A Eslovénia ainda vai lutar pela medalha de bronze do torneio masculino de basquetebol, mas a derrota diante da França travou o sonho olímpico dos balcânicos, que sonhavam com uma estreia a ganhar. Após a partida, a principal figura eslovena não escondeu o desapontamento e apontou o dedo a quem rege a modalidade, por considerar que a arbitragem terá influenciado o resultado.

Ao recolher aos balneários, ainda a quente, o jogador dos Dallas Mavericks soltou um "a FIBA provavelmente deve estar feliz", segundo revelou o site letão '15min'. Uma reação intempestiva, de insatisfação, isto depois de uma partida que para si teve um sabor agridoce: fez história ao assinar o terceiro triplo-duplo da história dos Jogos (16 pontos, 10 ressaltos e 18 assistências), mas acabou por ser afastado do sonho do ouro, naquela que foi a sua primeira derrota pela seleção.

Em causa estão algumas decisões da arbitragem, especialmente uma jogada a meio do último quarto, onde os eslovenos reclamaram interferência de Timothe Luwawu-Cabarrot num lançamento de Jaka Blazic. Os árbitros não consideraram assim, Blazis protestou e acabou por receber uma técnica, isto num jogo no qual a Eslovénia acabaria por perder por 90-89.

Depois, já mais calmo, Doncic elogiou os seus colegas e a forma como se bateram neste torneio olímpico. "Creio que todos viram o jogo, posso dizer que estou orgulhoso da equipa. Demos 100%, trabalhámos dois meses para cá vir, creio que surpreendemos muita gente. Estou orgulhoso de todos os rapazes. Agora temos outra final e não nos daremos por vencidos".

06.08.2021
Mais 29 casos de Covid-19

A organização reportou a deteção de mais 29 casos de Covid-19 de pessoas ligadas diretamente aos Jogos Olímpicos Tóquio, sendo que nenhum deles é atleta. Ao todo até ao momento já foram detetados 387 casos, 33 de atletas.

06.08.2021
Voleibol de praia: bronze no feminino vai para a Suíça
Reuters

Começa a entrega das medalhas no voleibol de praia, com a dupla suíça composta por Anouk Verge-Depre e Joana Heidrich a levar o bronze no voleibol de praia, graças a um triunfo por 21-19 e 21-15 sobre a dupla letã Tina Graudina e Anastasija Kravcenoka. Na final, que se discute em seguida, irão defrontar-se as norte-americanas April Ross/Alix Klineman e as australianas Mariafe Artacho del Solar/Taliqua Clancy.

06.08.2021
João Vieira: «Foi bom, arrisquei e saiu o 5.º lugar, estou contente. É o topo da carreira»
EPA

O marchador português João Vieira considerou hoje ter chegado ao "topo da carreira" com o quinto lugar nos 50 quilómetros marcha dos Jogos Olímpicos Tóquio'2020, em Sapporo, em declarações à agência Lusa.

"Fico muito contente com este resultado, um quinto lugar não é qualquer atleta que consegue e eu vim aqui lutar com todas as minhas forças. Consegui um lugar de finalista o que é muito bom para a minha carreira desportiva, que já vai longa, podem ser os meus últimos Jogos e assim cumpri o meu dever", afirmou o atleta do Sporting, de 45 anos.

Leia as declarações completas.

06.08.2021
Canoagem: K4 500 português em 5.º na eliminatória

O K4 500 português, composto por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela, foi quinto na primeira série das eliminatórias, ao fechar com 1:25.515 minutos (a 3.625 da Alemanha). A tripulação lusa vai ter de discutir o acesso às meias-finais nos 'quartos', que se disputam daqui a cerca de hora e meia.
 

06.08.2021
Canoagem: K4 500 vai começar!
Eurosport
06.08.2021
Segue-se a canoagem

No curto programa português de hoje segue-se a entrada em cena do K4 500, que dentro de pouco menos de uma hora discutirá o acesso às meias-finais.

06.08.2021

Hoje não teremos atletismo na sessão da manhã, mas há muito mais para seguir, com muitos duelos importantes nas modalidades.

No andebol, no seu torneio feminino, às 9 horas teremos um França-Suécia, antes de pelas 13 horas a Noruega defrontar o ROC, em jogos das meias-finais.

Há ainda discussão do bronze no futebol masculino, entre México e Japão pelas 10 horas, antes de Suécia e Canadá se defrontarem na final feminina, pelas 13 horas.

No voleibol teremos as meias-finais femininas, com Sérvia-Estados Unidos às 5 horas e Brasil-Coreia do Sul às 13.

06.08.2021

Já recuperados (mais ou menos...) das emoções da marcha, vamos lá olhar para o que teremos no programa do dia para lá das finais...

06.08.2021
Atletismo: João Vieira 5.º nos 50 quilómetros marcha
EPA

O português fica a um passo das medalhas na prova mais longa do programa do atletismo, numa corrida na qual terminou a 1:20 minutos do vencedor, o polaco Dawid Tomala. João Vieira esteve na luta pelo pódio praticamente até aos últimos 3 quilómetros.

Na reta final da prova, o canadiano Can Dunfee ultrapassou, contra todas as expectativas, o espanhol Marc Tur e fechou no último lugar do pódio, logo atrás do alemão Jonathan Hilbert.

Classificação final

1. Dawid Tomala (Polónia) - 3:50:08
2. Jonathan Hilbert (Alemanha) -3:50:44
3. Can Dunfee (Canadá) - 3:50:59
4. Marc Tur (Espanha) - 3:51:08
5. João Vieira (Portugal) - 3:51:28

06.08.2021
Atletismo: Marcha entra na fase final

Apenas agora começamos este direto, mas os 50 quilómetros marcha entram já na última hora de prova. Tudo para seguir aqui, com João Vieira bem colocado.

06.08.2021
As finais do dia

3h30 - Voleibol de praia (final feminina: Mariafe Artacho del Solar/Taliqua Clancy vs. April Ross/Alix Klineman)
7h05 - Boxe (peso pesado masculino, 81 a 91 kg)
8h30 - Atletismo (20km marcha femininos)
9h15 - Ciclismo de pista (madison feminino)
10h35 - Ciclismo de pista (sprint masculino)
10h50 - Ciclismo de pista (sprint masculino)
11h00 - Hóquei em campo (final feminina: Holanda-Argentina)
11h30 - Ténis de mesa (final masculina por equipas: China-Alemanha)
11h30 - Luta livre (74kg masculino)
11h30 - Luta livre (125kg masculino)
11h30 - Pentatlo moderno (final feminina)
11h50 - Karate (Kata masculino)
12h40 - Karate (Kumite -61kg feminino)
12h50 - Karate (Kumite -75kg masculino)
12h50 - Atletismo (lançamento do dardo feminino)
12h55 - Luta livre (53kg feminino)
13h00 - Futebol (final feminina: Suécia-Canadá)
13h00 - Atletismo (5000 metros masculinos)
13h10 - Escalada (final feminina combinada)
13h35 - Atletismo (400 metros femininos)
13h50 - Atletismo (1500 metros femininos)
14h30 - Atletismo (4x100 metros femininos)
14h50 - Atletismo (4x100 metros masculinos)

06.08.2021
O programa dos portugueses

A jornada de hoje contará com presença portuguesa apenas em três eventos, com João Vieira e Ana Cabecinha na marcha e o K4 500 nas eliminatórias da canoagem. Conheça as horas desses eventos:

06.08.2021
Arranca mais uma jornada

Bom dia! Cá estamos novamente para seguir mais uma jornada de ação nos Jogos Olímpicos Tóquio'2020. Passou a voar, mas já vamos para o antepenúltimo dia de ação. Esta sexta-feira voltaremos a ter muitas medalhas em jogo, isto num dia no qual a representação portuguesa se resume apenas à marcha e à canoagem. Isso e muito mais para seguir, como sempre, aqui no Record.

Por Fábio Lima
1
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Tóquio 2020

Notícias