Atleta mais jovem em Tóquio'2020 eliminada na ronda preliminar

Hend Zaza, de apenas 12 anos, perdeu diante da 'veterana' austríaca Liu Jia

• Foto: Reuters

A síria Hend Zaza, que, com 12 anos, é a mais jovem atleta de Tóquio2020, caiu este sábado na ronda preliminar do torneio feminino de ténis de mesa, ao perder por 4-0 diante da austríaca Liu Jia.Apesar da derrota por 11-4, 11-9, 11-3 e 11-5 diante da veterana de 39 anos, Hend Zaza já faz parte da história dos Jogos Olímpicos como a mesatenista mais nova de sempre a competir no evento.

Nascida em 01 de janeiro de 2009, a prodígio síria é também a mais jovem atleta olímpica em 52 anos, sucedendo a Beatrice Hustiu que, em 1968, com apenas 11 anos, competiu na patinagem artística nos Jogos Olímpicos de Inverno.

O olímpico mais novo de sempre foi o ginasta Dimitrios Loundras, que com 10 anos ganhou uma medalha de bronze por equipas no nascimento dos Jogos Olímpicos modernos, em Atenas1896.

Hend Zaza já tinha feito história ao garantir o apuramento para Tóquio2020 no torneio de qualificação olímpica do sudoeste asiático, frente à libanesa Mariana Sahakian, tornando-se na primeira representante de sempre do seu país nos torneios olímpicos de ténis de mesa.

"Estar nos Jogos de Tóquio já era um feito. Não me pediram que ganhasse, apenas que jogasse bem. Penso que tive uma boa prestação e aprendi com a derrota", enalteceu.

Na sexta-feira, foi a porta-estandarte da Síria na Cerimónia de Abertura, outra 'honra' na sua precoce, mas já profícua carreira, 'construída' num país em guerra.

"Queríamos mostrar que, mesmo estando no meio da guerra, devemos fazer algo. E eu sinto que fiz algo. Uma menina de 12 anos jogar com uma adversária de 39 anos e ganhar nove ou 10 pontos é por si só um feito", concluiu.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis de Mesa

Notícias