Jorge Fonseca tenta medalha

Seleção despede-se hoje de Baku com Fonseca a sacrificar o espetáculo na luta pela medalha

• Foto: Getty Images

Depois do 5º lugar de Catarina Costa (48 kg) e de três 9ºs de Joana Ramos (52 kg), Telma Monteiro (57 kg) e Anri Egutidze (81 kg), a Seleção Nacional despede-se hoje do Mundial de Baku com a derradeira hipótese de chegar aos pódios. E o olímpico do Sporting, Jorge Fonseca (100 kg), é o atleta teoricamente mais apetrechado, tendo em conta que é o único cabeça-de-série das quinas (6º do ranking internacional). Garante que está a lutar melhor e com maior contenção, apesar de o seu judo ser explosivo.

"Sinto que estou um judoca diferente. Vou procurar não atacar tanto, pois antigamente era um atleta de espetáculo, mas esse tempo acabou. Tenho de mudar o meu estilo e ser mais prático e eficaz. Não quero dar ‘show’, mas antes ganhar medalhas. O verdadeiro ‘show’ é quando se conquistam medalhas em Jogos Olímpicos, Mundiais e Europeus", disse o atleta, de 25 anos.

O sorteio para a prova de hoje foi, teoricamente, favorável, pois Jorge Fonseca folga na 1ª ronda do Grupo B, encontrando depois o vencedor do combate entre o checo Michal Horak (233º do Mundo) e o argelino Lyes Boyacoub (29º). O israelita Peter Paltchik (7º) é o mais perigoso da sua série, enquanto o georgiano Varlan Liparteliani (1º) pode ser considerado o principal favorito.

"O Jorge tem um bom sorteio, pelo que terá de saber agarrar as oportunidades", sustentou Pedro Soares, treinador dos leões, que orientará o seu pupilo na prova.

Jorge Fonseca tem grandes expectativas: "Sinto que estou mais forte do que nos outros três Mundiais, pelo que venho para fazer melhor, mas vamos ver como vai ser lá dentro. Em Budapeste’2017 também estava muito bem e tudo correu pessimamente, não conseguindo dar o meu melhor, com problemas de sono. Uma tragédia, ao perder no 2º combate."

Patrícia e Yahima

Nos 78 kg, Patrícia Sampaio (46ª), campeã europeia (jun.), defronta a camaronesa Audrey Npaja (79ª) na 2ª ronda do Grupo D e a olímpica Yahima Ramirez (23ª) luta com a equatoriana Vanessa Chala (44ª) na 1ª ronda do Grupo A.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Judo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.