Telma e o conflito com a federação: «Claro que afetou»

Em causa a expulsão do seu treinador, Go Tsunoda, dos Mundiais do Japão

Telma Monteiro já aterrou no aeroporto Humberto Delgado e não fugiu à polémica que tem assolado o judo português nos últimos dias. Depois do seu treinador, Go Tsunoda, ter sido mandado para casa pela Federação Portuguesa de Judo durante o Mundial do Japão, a judoca do Benfica abordou o tema, mas preferiu realçar o feito dos colegas.

"Acho que foi um Mundial muito positivo. Tivemos um campeão do mundo pela primeira vez na história do judo. Tivemos um vice-campea do mundo, a Bárbara Timo. Tivemos a disputa da Joana Ramos e da Patrícia Sampaio por um terceiro lugar. Infelizmente não consegui avançar na terceira ronda. Ainda há muito caminho pela frente. (...) Relativamente a esse tema custa-me falar porque não quero tirar o momento dos meus colegas. O que eles fizeram foi histórico. Relativamente a esse tema, foi algo que apanhou todos de surpresa e que afectou, por muito que digam que não. Mas nem vale a pena falar disso. Os atletas estarem a competir é algo que devia ter sido respeitado desde o principio, e não foi assim. Depois também já percebi que não vale a pena estar a dizer algo para depois ser desmentida a seguir. Seria o discurso do ‘diz que não disse’. O discurso ‘afetou, não afetou’. Claro que afetou. Mas isso agora vai ser resolvido internamente. Temos que dar os parabéns a todos os atletas que tiveram uma excelente prestação. Temos um grupo muito unido, independente de tudo", realçou Telma Monteiro, de 33 anos, ela que acabou derrotada pela brasileira Rafaela Silva, atual campeã olímpica, no terceiro combate de -57 kg dos Mundiais.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Judo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.