Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Telma Monteiro após nova lesão: «Tem sido muito difícil lutar contra o meu corpo»

Judoca portuguesa desistiu no primeiro combate que fez no Europeu

• Foto: FP Judo
A judoca Telma Monteiro, que ontem desistiu a cinco segundos do final do primeiro combate nos Europeus, depois de se lesionar no joelho esquerdo, disse que tem lutado contra o próprio corpo.

"Infelizmente, lesionei-me na primeira luta e tive de desistir. Tem sido muito difícil lutar contra o meu corpo, sinto-me frustrada com isso", escreveu a judoca na rede social Instagram.

Telma Monteiro, de 37 anos, tem tido várias lesões ao longo da carreira, neste mesmo joelho esquerdo, mas também no ombro e no cotovelo, que a têm obrigado a várias cirurgias, com a judoca, invariavelmente, a regressar à competição.

"Regresso uma vez atrás da outra... aguentando tudo com resiliência e gratidão, porque é a minha escolha. Mas, agora, preciso realmente de recuperar sem pressa, para voltar na minha melhor forma, quando me sentir física e mentalmente preparada", acrescentou.

A judoca do Benfica, quase a completar 38 anos, está em zona de apuramento para os Jogos Olímpicos Paris2024, competição que disse querer disputar, no que seriam os seus sextos Jogos, depois de ter competido em Atenas2004, Pequim2008, Londres2012, Rio de Janeiro2016 - onde conquistou o bronze olímpico -, e Tóquio2020.

Na carreira, Telma Monteiro é ainda recordista de medalhas em Europeus, com 15, seis das quais de ouro, e quatro títulos de vice-campeã mundial.

Nos Europeus de Montpellier, a disputarem-se entre hoje e domingo, a judoca cumpria a sua 17.ª participação na competição continental quando foi obrigada a desistir, após uma ação da judoca russa e em que na tentativa de evitar a projeção, caiu mal.

De imediato, a judoca portuguesa ficou a queixar-se de dores no joelho, sem se conseguir levantar do tatami, agarrada à perna, até ser assistida pelos médicos na Sud de France Arena, onde decorre a competição.

Seria a judoca russa Daria Kurbonmamadova, a competir como neutra, que acabaria hoje por se sagrar campeã europeia de -57 kg, cinco combates depois de ter iniciado os Europeus diante da portuguesa.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Judo

Notícias

Notícias Mais Vistas