Telma Monteiro feliz por ter "mais uma oportunidade" para alcançar uma medalha nos JO

Judoca antecipa quarta participação olímpica

• Foto: Manuel Azevedo

A judoca Telma Monteiro está "feliz por ter mais uma oportunidade" de poder conquistar uma medalha olímpica, no Rio'2016, a que falta a "uma carreira, felizmente, muito boa, com muitas medalhas em europeus e mundiais". "Esta será a minha quarta participação olímpica e a quarta vez que vou ter, na minha perspetiva, a oportunidade de participar na competição mais importante do Mundo. Foi um longo período de apuramento olímpico, difícil e complexo, e estou feliz por ter mais esta oportunidade", disse a atual campeã europeia de -57 kg.

À margem do primeiro encontro da equipa olímpica de Portugal -- Missão Rio'2016, no Porto, a judoca do Benfica garantiu ter uma "perspetiva positiva" em relação à sua quarta presença nos jogos, depois de dois nonos lugares (2004 e 2008) e um 17.º (2012): "Não vejo como algo que ainda não conquistei ou que está atravessado", garantiu.

Essas participações foram ensinamentos, como todas as outras grandes competições e cada treino: "Além das experiências que vamos tendo diariamente nos treinos e nas competições, penso que vamos aprendendo, que fui aprendendo, a saber como me sinto bem, como quero estar, como preciso de estar para conseguir um bom resultado".

"Essa foi a minha aprendizagem, porque penso que com o meu trabalho diário, com o empenho, com a disciplina toda que tenho, sabendo como quero estar e onde quero ir, tudo ficará mais fácil", explicou a judoca lusa.

Para chegar na melhor forma ao Rio2016, Telma Monteiro tem realizado "vários estágios internacionais no sentido de procurar adversárias mais fortes e femininas", sendo que, diariamente, faz "luta, em pé, no chão, mais treino de ginásio, de cárdio e mesmo acompanhamento psicológico".

"Tudo isso faz parte da minha rotina e acredito que é esse o caminho se quero ser bem-sucedida", frisou a atleta de 30 anos, que já conquistou cinco títulos europeus, venceu o ouro nos I Jogos Europeus e foi quatro vezes vice-campeã mundial.

Por muito que treine, Telma Monteiro lembra, porém, que o que conta é o momento, o dia: "Por muito que a preparação tenha sido muito boa (...), é no dia que tudo se vai definir, é no dia que temos de ter o sangue frio e fazer com que toda a preparação esteja lá naquele momento e possamos lutar pelo objetivo (...) Com a experiência que tenho, sei que é importante valorizar cada dia e cada combate".

Ainda assim, a judoca lusa reconhece que a preparação é determinante, sendo que todos os judocas lusos podem contar, na equipa técnica, com a experiência de Nuno Delgado, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de 2004, em Atenas.

"Penso que vai ser uma das equipas mais bem preparadas de sempre", disse à Lusa Nuno Delgado, garantindo que a preparação "está a ser muito cuidada", tentando "prever todos os cenários".

Segundo o ex-judoca luso, está a ser feito um "esforço muito grande para qualificar a equipa, mas não só no trabalho técnico/tático e físico, pois há muitas coisas que estão para além disso, principalmente nuns Jogos Olímpicos".

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Judo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.