Dynamite e UFC 108 trazem muita ação

ANO NOVO, NOVOS COMBATES

PUB

A quadra natalícia é tradicionalmente uma altura de paz e união, em que as famílias se reúnem e as crianças aguardam ansiosas a abertura das prendas trazidas pelo Pai Natal ou por outra qualquer figura imaginária. Uma ocasião destas merece ser celebrada, e que melhor celebração poderia haver que um evento de MMA? A resposta é simples: dois eventos de MMA! O primeiro destes eventos foi o Dynamite, que teve lugar no Japão a 31 de dezembro de 2009 e misturou combates de K-1 com combates de MMA. O destaque vai claramente para o duelo principal da noite, onde Shinya Aoki partiu o braço a Mizuto Hirota em resultado de uma submissão inovadora e celebrou a vitória com um gesto bem ocidental dirigido ao adversário, ao canto deste e aos milhares de fãs presentes. Um momento tão caricato como infeliz por parte do talentoso lutador nipónico. No Dynamite assistiu-se também à vitória de Minowa contra Sokoudjou, tornando-se assim vencedor do torneio Super Hulk. Este combate fez muitos fãs japoneses correrem o risco de passar a meia-noite a dormir, tão aborrecido que foi, todavia já perto do fim o chamado "Minowaman" conseguiu derrubar o camaronês Sokoudjou com um gancho de esquerda e finalizar com ground and pound. O público foi então ao delírio, embora não seja certo se tal aconteceu pela popularidade do lutador da casa ou se por alívio por já não poder haver um assalto extra para decidir o título. Destaque ainda para as vitórias esmagadoras de Melvin Manhoef e de Alistair Overeem, com o último a afirmar que está pronto para enfrentar Fedor Emelianenko quando a Strikeforce assim o entender. Falando em Fedor, o seu colega de equipa Gegard Mousasi conseguiu um triunfo fácil sobre o veterano Gary Goodridge. Este combate teria porventura sido mais disputado há 10 anos, quando Goodridge estava na casa dos trinta e Mousasi estava ainda na escola, mas no último dia de 2009 nem o fã número um de Goodridge depositaria grandes esperanças na vitória do canadiano. Atravessando o Pacífico chegamos ao UFC 108, um evento que sofreu profundas alterações em virtude da vaga de lesões que tem assolado a Ultimate Fighting Championship nos últimos tempos. Assim sendo, o combate principal da noite acabou por colocar frente a frente Rashad Evans e Thiago Silva, curiosamente dois lutadores que estavam invictos até terem enfrentado Lyoto Machida. A vitória por decisão unânime acabou por sorrir a Rashad, que assim volta a ficar posicionado para lutar contra Quinton Jackson, quando e se "Rampage" regressar ao octógono depois de filmar "The A-Team". Já outro brasileiro teve melhor sorte, com Júnior dos Santos a derrotar facilmente o controverso Gilbert Yvel e a mostrar que é um factor a ter em conta no cenário do título de pesos pesados. Quem não precisará acumular vitórias para lutar pelo cinto de campeão da UFC é Fedor Emelianenko, com Dana White a afirmar no final do evento que o russo combaterá imediatamente pelo título caso assine pela organização norte-americana. Perante estas palavras, será possível que tenhamos Fedor na UFC antes de a década terminar? Os próximos 360 dias assim o dirão. Destaques do Dynamite: Shinya Aoki venceu Mizuto Hirota por submissão (1:17 do primeiro assalto).Gegard Mousasi venceu Gary Goodridge por TKO (1:34 do primeiro assalto).Alistair Overeem venceu Kazuyuki Fujita por KO (1:15 do primeiro assalto).Melvin Manhoef venceu Kazuo Misaki por TKO (1:49 do primeiro assalto).Akihiro Gono venceu Hayato Sakurai por submissão (3:56 do segundo assalto).Ikuhisa Minowa venceu Rameau Thierry Sokoudjou por TKO (3:29 do terceiro assalto). Lista completa de resultados do UFC 108: Rashad Evans venceu Thiago Silva por decisão unânime.Paul Daley venceu Dustin Hazelett por KO (2:24 do primeiro assalto).Sam Stout venceu Joe Lauzon por decisão unânime.Jim Miller venceu Duane Ludwig por submissão (2:31 do primeiro assalto).Júnior dos Santos venceu Gilbert Yvel por TKO (2:07 do primeiro assalto).Martin Kampmann venceu Jacob Volkmann por submissão (4:03 do primeiro assalto).Cole Miller venceu Dan Lauzon por submissão (3:05 do primeiro assalto).Mark Munoz venceu Ryan Jensen por submissão (2:30 do primeiro assalto).Jake Ellenberger venceu Mike Pyle por TKO (0:22 do segundo assalto).Rafaello Oliveira venceu John Gunderson por decisão unânime. Continuem atentos ao Record Online, que em 2010 teremos muitos mais eventos e combates emocionantes para fazer chegar aos nossos leitores. Lembrem-se também que dispõem do endereço mmanorecord@gmail.com para colocar perguntas, críticas ou sugestões. Até breve!  

Deixe o seu comentário
PUB