UFC 111: St. Pierre enfrenta Hardy

CANADIANO DEFENDE TÍTULO CONTRA INGLÊS

PUB

Gina Carano pode já não ser campeã na Strikeforce, mas isso não significa que nas MMA tenha deixado de haver atletas bonitos com títulos à cintura. O melhor exemplo disto é Georges St. Pierre, o campeão de pesos meio-pesados da UFC, que este sábado voltará a pôr o seu título em jogo. St. Pierre, também conhecido pelas iniciais GSP, é considerado um lutador muito completo e o melhor do mundo na sua categoria de peso. Este canadiano francófono, que fala inglês com um sotaque a lembrar Pepé Le Pew, cresceu a admirar Royce Gracie e tentará contra Hardy a sua 20ª vitória como profissional. GSP chegou ao título pela primeira vez em Novembro de 2006, vencendo Matt Hughes no segundo assalto, porém perdeu-o no combate imediatamente a seguir, de forma totalmente surpreendente, contra Matt Serra. Essa foi a segunda derrota da carreira de GSP (a primeira havia sido contra Hughes já em 2004) e até agora a última. Desde então o canadiano conseguiu seis triunfos seguidos, incluindo num terceiro duelo contra Hughes e na desforra contra Serra, recuperando assim o campeonato de meios-médios. O adversário de GSP na sua quarta defesa de título consecutiva é o inglês Dan Hardy. Este lutador tem um registo perfeito desde que chegou à UFC em Outubro de 2008, contando com quatro vitórias em outros tantos combates. Hardy está longe de ser favorito contra St. Pierre, porém Serra também não o era e é sabido como esse primeiro confronto acabou. Seja como for este será o ponto mais alto da carreira de Hardy até agora, e só o facto de ir enfrentar GSP para o título já é motivo de orgulho para qualquer lutador. No outro combate principal da noite teremos Frank Mir e Shane Carwin a enfrentarem-se pelo cinto de campeão interino de pesos pesados. Com o regresso de Brock Lesnar aos treinos pode parecer algo disparatado ir-se disputar agora um título interino, porém quando esta luta foi marcada havia uma possibilidade real de Lesnar não voltar a subir ao octógono ou pelo menos precisar de largos meses para recuperar a boa forma física. Assim sendo Dana White preferiu não arriscar e tirar da gaveta o título interino, chamando para lutar por ele o poderoso Shane Carwin e o homem que o deteve pela última vez, o veterano Frank Mir. Desde que Mir perdeu de forma categoria contra Lesnar no segundo duelo entre os dois (havia vencido o primeiro), o lutador de Las Vegas tem estado obcecado com o ex-campeão da WWE, prometendo que na luta de desempate fará qualquer coisa de desagradável a um membro de Lesnar e tornar-se-á novamente o campeão de pesos pesados da UFC. Mas para voltar a enfrentar Lesnar, Mir terá primeiro de vencer Shane Carwin, coisa que até agora nenhum lutador foi capaz de fazer. Será que a experiência de Mir irá conseguir superar o poderio físico impressionante de Carwin? Num desporto como as artes marciais mistas, onde se especula constantemente sobre o que fariam Fedor Emelianenko ou mesmo Rickson Gracie na UFC, é no mínimo reconfortante saber que teremos a resposta a esta pergunta já no próximo sábado. Independentemente do vencedor deste confronto, a disputa pelo título terá necessariamente de incluir Cain Velasquez, que vem de um TKO esmagador sobre a lenda António Rodrigo Nogueira. Será que o campeão interino irá imediatamente enfrentar Brock Lesnar ou será que Velasquez terá a primazia, com o campeão interino a lutar então com o vencedor deste combate? É possível que a resposta a esta questão demore mais algum tempo, mas o Record Online cá estará para a comunicar aos seus leitores. Lembrem-se de que o endereço mmanorecord@gmail.com continua à disposição de todos, e até breve!

1
Deixe o seu comentário
PUB