Record

UFC 112: Dois brasileiros nos Emirados

ANDERSON SILVA ENFRENTA DEMIAN MAIA

Depois do primeiro evento organizado na Austrália em Fevereiro deste ano, a UFC estreia-se agora nos Emirados Árabes Unidos com um cartaz encabeçado por dois brasileiros. De um lado teremos um dos melhores lutadores de jiu-jitsu da actualidade, Demian Maia, enquanto do outro estará um dos melhores lutadores de sempre, o soberbo Anderson Silva.
 
A escolha de Abu Dhabi para a realização de um evento da UFC pode parecer algo invulgar, porém percebe-se à luz da recente compra de 10% das acções da promoção americana por parte de uma empresa sedeada nos Emirados. Para lá disto, foi nesta cidade que se disputou o primeiro campeonato mundial de luta livre de submissão do ADCC (Abu Dhabi Combat Club), sendo que a lista de vencedores até hoje nas várias categorias de peso em disputa contém alguns nomes bem conhecidos para os fãs de MMA, como por exemplo Roger Gracie, Fabrício Werdum, Ronaldo "Jacaré" Souza ou o próprio Demian Maia.
 
Diga-se no entanto que a intenção original da UFC passava por ter Anderson Silva a defender o seu título de pesos médios contra Vítor Belfort, porém este último lesionou-se durante os treinos e foi necessário encontrar um substituto. Chegou-se a falar em Chael Sonnen, contudo seria muito cedo para um lutador que esteve envolvido no UFC 109. Felizmente à terceira foi de vez, e Maia vai assim regressar a um país onde já conheceu o sucesso para tentar a maior vitória da sua carreira.
 
Demian estava em grande na UFC até sofrer um KO aos 21 segundos do primeiro assalto contra Nate Marquardt no UFC 102. O brasileiro recuperou no combate seguinte, obtendo uma vitória por decisão unânime contra Dan Miller, mas muitos ficaram a duvidar das suas possibilidades contra um striker tão temível como Anderson Silva. É certo que o plano de Maia deverá passar por limitar ao máximo a luta em pé, mas será no mínimo surpreendente se no final do confronto o título não continuar à cintura de Silva.
 
No outro grande combate da noite teremos B.J. Penn a pôr o seu cinto de pesos leves em jogo contra Frankie Edgar. Este último apresenta um registo de 11 vitórias e apenas 1 derrota, mas mais uma vez será complicado conceber um cenário em que o título mude de mãos. Penn, assim como St. Pierre e Anderson Silva nas categorias acima, parece roçar a invencibilidade num desporto em que uma desatenção mínima pode significar a derrota.
 
Refira-se ainda a participação de um medalhado no mundial de luta livre de submissão do ADCC, o lendário Renzo Gracie, que irá enfrentar Matt Hughes. Renzo irá querer vingar o seu primo Royce, que em Maio de 2006 foi verdadeiramente espancado por Hughes. Num mundo mágico, povoado por fadas e unicórnios, seria possível Renzo conseguir efectivamente submeter o adversário mais jovem, mais forte e com mais do dobro dos combates disputados em MMA, todavia no mundo real o brasileiro arrisca-se a ir para a cama mais cedo, sem bolinhos e um copo de leite a acompanhar.
 
Como a acção no mundo das artes marciais mistas não pára, teremos em breve mais um evento da Strikeforce, com três combates que prometem muito. Mas antes disso o Record Online ainda falará dos resultados deste UFC 112. Lembrem-se também de que o endereço mmanorecord@gmail.com continua à disposição de todos, e até breve!
6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de MMA

Notícias

Notícias Mais Vistas

M