Falha de travões tira vitória a Albuquerque e Barbosa no campeonato americano de resistência

Carro número 5 da United Autosports foi forçado a parar a 24 minutos do final da corrida em Road Atlanta

A quebra de um disco de travão no Cadillac obrigou à desistência dos portugueses Filipe Albuquerque e João Barbosa, quando seguiam na liderança das 10 Horas de resistência de Petit Le Mans, de encerramento do campeonato americano de resistência.

O carro número 5 da United Autosports foi forçado a parar a 24 minutos do final da corrida em Road Atlanta, quando um dos discos de travão explodiu, forçando a equipa formada por Albuquerque, Barbosa e pelo britânico Mike Conway a parar nas boxes, ficando classificada no sétimo lugar, a seis voltas dos vencedores.

"Nem tenho palavras para descrever. Tivemos um ano difícil, esta era a última corrida deste carro, queríamos e merecíamos esta vitória. Fizemos um excelente trabalho para terminar da forma que todos merecíamos. E, de repente, aquele problema acontece, obriga-me a ir às boxes e a ceder posições atrás de posições. É um sentimento de impotência e de uma enorme frustração", referiu Filipe Albuquerque.

"Nos últimos anos, sempre que disputei esta prova, estive na frente da corrida. O ano passado ficámos sem combustível a poucos metros da vitória. Este ano acontece isto. Tem sido uma corrida madrasta, mas ainda não é desta que me dou por vencido. Para o ano cá estarei de cabeça erguida", concluiu.

A vitória acabaria por sorrir aos brasileiros Felipe Nasr, Pipo Derani e ao norte-americano Eric Curran, num Cadillac da Whelen Engineering mas foi insuficiente para a equipa festejar o título.

Os novos campeões são o norte-americano Dane Cameron e o colombiano Juan Pablo Montoya (Acura).

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Automobilismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.