Filipe Albuquerque após conquista do título mundial de resistência: «Este ano ganhámos tudo»

Português terminou em 4.º nas 08 Horas do Bahrain e confirmou título que estava virtualmente assegurado desde setembro

O piloto português Filipe Albuquerque (United Autosports) dedicou a "todos os portugueses" o título mundial de resistência na categoria LMP2, cuja conquista foi confirmada este sábado no Bahrain.

O piloto de Coimbra falava após o 4.º lugar obtido na segunda categoria mais importante do campeonato nas 08 Horas do Bahrain, última prova do campeonato, confirmando a conquista do título, assegurado virtualmente em setembro.

O português, que faz equipa com os britânicos Phil Hanson e Paul di Resta, precisava apenas de cumprir uma formalidade regulamentar e alinhar à partida da última prova do campeonato para confirmar o título.

"Acabou agora a corrida e somos campeões do mundo. Estou muito feliz. Este ano ganhámos tudo, o Europeu, as 24 Horas de Le Mans e agora o campeonato do mundo. Ficámos em quarto [nesta corrida]. Perdemos muito tempo com as paragens nas boxes, cerca de 30 segundos. Ainda conseguimos recuperar alguma coisa e terminámos a 28 segundos do vencedor. Experimentámos coisas no carro, mas o mais importante é que somos campeões do mundo e isso já ninguém nos tira", disse Filipe Albuquerque.

O piloto luso mostrou-se "muito feliz", dizendo esperar "que os portugueses também sintam este título como deles".

Filipe Albuquerque terminou o campeonato com 171 pontos, contra 125 do compatriota António Félix da Costa (Jota), 3.º classificado no campeonato de pilotos, depois de hoje ter terminado a corrida na 2.ª posição.

"Penso que fizemos uma corrida muito perto de ser perfeita, sem erros, sempre com bom ritmo. No meu último turno de condução ataquei ao máximo para chegar à liderança e consegui, fazendo a volta mais rápida da corrida, mas já nas voltas finais senti muitos problemas de desgaste nos pneus e perdi a vitória mesmo nos minutos finais. É um sentimento agridoce, porque queríamos terminar a época com uma vitória", disse o piloto de Cascais.

Félix da Costa deu "os parabéns ao Filipe [Albuquerque] pelo título": "Não sendo nosso, fica muito bem entregue, foram uns justos campeões", concluiu.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Automobilismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.