Filipe Albuquerque "feliz" por Mundial de Resistência vir a Portugal

Autódromo Internacional do Algarve (AIA) vai receber primeira prova da época

O piloto português Filipe Albuquerque mostrou-se esta sexta-feira "muito feliz" pelo anúncio de que o Mundial de Resistência automobilística de 2021 vai começar em Portugal, no Autódromo Internacional do Algarve (AIA).

"Há males que vêm por bem. Não estava previsto correr em Portugal este ano, mas a covid-19 vem dar esta oportunidade. Adoro competir no meu país e no Autódromo Internacional do Algarve. E fico muito feliz por ver o Campeonato do Mundo visitar um circuito tão especial e desafiante como o de Portimão. Tenho a certeza que será uma prova extraordinária", disse Filipe Albuquerque, que em 2020 se sagrou campeão mundial na classe LMP2, a segunda mais importante do campeonato.

"Depois de se ser campeão, só se pode desejar voltar a ser campeão. É isso que quero e estamos muito focados nisso. Este é um campeonato muito exigente com corridas longas e difíceis mas estamos preparados para o que aí vem. Seria extraordinário começar o ano em Portugal com uma vitória. Seria o melhor pontapé de saída", concluiu o piloto de Coimbra, que se encontra atualmente nos Estados Unidos a preparar as 24 horas de Daytona que acontecem de 30 e 31 de janeiro.

O traçado português tem acolhido nos últimos anos as European Le Mans Series, campeonato que Albuquerque também ganhou em 2020.

O Autódromo Internacional do Algarve vai acolher a abertura do Mundial de Resistência automóvel (WEC), em 04 de abril, depois de a prova prevista para Sebring (Estados Unidos) ter sido adiada, informaram hoje os promotores do campeonato.

"Devido à rápida evolução do novo coronavírus, bem como à mudança de diretivas de diferentes governos, que inclui restrições de viagens, o WEC não quer correr riscos desnecessários", lê-se no comunicado.

Esta decisão foi tomada em conjunto com a Federação Internacional do Automóvel (FIA) e a IMSA, organizador das corridas de resistência nos EUA.

Com o adiamento da corrida de Sebring, inicialmente agendada para 18 de março, Portugal passa a acolher a prova de abertura do Mundial, no qual participam os portugueses Filipe Albuquerque e António Félix da Costa, com uma nova corrida de oito horas, em 4 de abril.

Esta é a primeira vez que o circuito português alberga uma prova do Mundial de Resistência.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Automobilismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.