Tiago Monteiro lamenta morte de Nicha Cabral e fala em perda para o país

O primeiro português a correr em Fórmula 1 morreu esta madrugada, aos 86 anos, vítima de doença prolongada

• Foto: Instagram

O piloto português Tiago Monteiro lamentou esta segunda-feira o desaparecimento de Nicha Cabral, o primeiro português a correr em Fórmula 1. "É uma perda para o país. O Nicha Cabral era uma excelente pessoa, bom conversador, sempre com histórias para contar", lembrou Tiago Monteiro, que correu no Mundial de Fórmula 1 em 2005 e 2006.

Nicha Cabral morreu esta madrugada, aos 86 anos, vítima de doença prolongada. Foi o primeiro português a correr na Fórmula 1, tendo feito a sua estreia no GP de Portugal de 1959. "Foi um pioneiro e isso ninguém lhe tira. Numa altura em que a Fórmula 1 não era o que é hoje, era à base de potência e coragem e não de tecnologia como agora", sublinhou o piloto portuense, que deixou "uma palavra de conforto para a família e amigos" de Nicha Cabral.

Relacionadas

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Automobilismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.