Coronavírus: Tiago Monteiro e Félix da Costa conseguem 10 mil euros para material hospitalar

Dinheiro foi angariado em corridas virtuais, para a plataforma #soscovid

António Félix da Costa
António Félix da Costa • Foto: Instagram

Os pilotos portugueses Tiago Monteiro e António Félix da Costa angariaram 10.285 euros para a aquisição de material hospitalar, em corridas virtuais, para a plataforma #soscovid.

"Foi um sucesso. O valor angariado é a melhor recompensa para todos os envolvidos. Todos juntos conseguimos alcançar o objetivo, agora é tempo de ficarmos em casa e acreditarmos que tudo vai ficar bem em breve", congratulou-se Tiago Monteiro.

A iniciativa contou com a participação de 30 pilotos portugueses e estrangeiros e conseguiu contribuições de quase 422 pessoas, enquanto decorreram as corridas visualizadas por 15.000 pessoas.

"É muito bom ver que conseguimos vencer esta corrida. Digo conseguimos, pois esta vitória é de todos os pilotos que deram a cara por esta causa, mas também de todas as pessoas que doaram. Fico muito orgulhoso da solidariedade de todos os portugueses", acrescentou António Félix da Costa.

O valor angariado será doado na integra para o combate à covid-19, estando destinado ao movimento SOS.COVID19.PORTUGAL e também ao www.soscovid.pt, para apoiar e ajudar hospitais, doentes, médicos e todos os envolvidos na linha da frente da ação contra a pandemia.

Entre outros, participaram os portugueses Filipe Albuquerque e João Barbosa, o antigo piloto de Fórmula 1 colombiano Juan Pablo Montoya, o belga Stoffel Vandoorne, os brasileiros Felipe Nasr e Nelson Piquet Jr., o francês Andy Priaulx e o argentino Jose Maria Lopez.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,2 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 59 mil. Dos casos de infeção, mais de 211 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com cerca de mais de 603 mil infetados e mais de 43 mil mortos, é aquele onde se regista o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, 14.681 óbitos em 119.827 casos confirmados até hoje.

Em Portugal, registaram-se 266 mortes e 10.524 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Motores

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0