Diretor da McLaren diz que Alonso se sentiu humilhado com motor da Honda

Eric Boullier conta que o piloto ficou desiludido e frustrado com os resultados

• Foto: EPA

Eric Boullier, diretor da McLaren, explicou que Fernando Alonso se sentiu humilhado ao perceber que o motor Honda se mantinha ao nível das temporadas anteriores, sendo um retrocesso na evolução da equipa.

"Como competidor que é, ele faz a preparação mental durante o inverno. E desenha na cabeça como a temporada deve ser. Isso motiva-o ainda mais porque ele tenta manter-se fiel aos seus objetivos", afirmou, em declarações ao Motorsport.com.

"Em Barcelona, quando se vê o retrocesso em termos de desempenho do motor, há uma mistura de tristeza, humilhação e frustração. Não é bom", atirou depois.

"Ele fica muito tenso depois de uma corrida", analisou, acrescentando que "às vezes tem de expressar a sua frustração", numa alusão ao facto de o espanhol ter aberto um buraco na parede no final do GP Singapura.

"Ele tem essa raiva dentro de si que sabe que pode fazer melhor. Sabe que pode ser o melhor. E precisa de mostrar isso. Acho que se ganhar também irá furar uma parede", acrescentou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Motores

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.