Bottas: «Vamos ver domingo, que é o dia que interessa»

Piloto finlandês da Mercedes vai partir da pole em Portimão

• Foto: REUTERS

A pole position do Grande Prémio de Portugal, conquistada este sábado pelo finlandês Valtteri Bottas, colocou "um sorriso na cara" ao piloto da Mercedes no Autódromo Internacional do Algarve.

Em declarações aos jornalistas após a sessão de qualificação em que conquistou pela 17.ª vez o primeiro lugar da grelha, por apenas 0,007 segundos em relação ao britânico Lewis Hamilton, Bottas admitiu que "é um bom sentimento".

"Todo o fim de semana estava a correr mal com os macios, no ano passado pusemos os médios no final da sessão e resultou. [É um resultado que] Põe um sorriso na minha cara. Nas corridas anteriores, a qualificação não era o ponto forte. Agora as coisas começam a ir na direção certa. Senti-me forte todo o fim de semana", sublinhou o piloto da Mercedes que impediu, assim, o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) de chegar às 100 'poles' na carreira.

Bottas admitiu ter "feito o trabalho de casa", sobretudo "mentalmente".

"Aprendi lições na corrida anterior. Sei que o trabalho duro compensa, é isso que digo à minha equipa. Vamos ver domingo, que é o dia que interessa", frisou.

O piloto finlandês admitiu, ainda, gostar "do desenho do circuito" português, mas frisa que "a aderência é complicada", apesar de ser "igual para todos".

A corrida desta 18.ª edição do GP de Portugal realiza-se às 15:00 de domingo.

O GP de Portugal é a terceira de 23 provas do Mundial de Fórmula 1 e disputa-se no AIA até domingo.

O britânico Lewis Hamilton chega à prova lusa na liderança do Mundial, com 44 pontos, mais um do que o holandês Max Verstappen.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas