Coronavírus: Hamilton fica com "sensação de vazio" com provas de Fórmula 1 sem público

Campeão do Mundo diz que "vai ser como um dia de testes"

• Foto: DR Record

O campeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton, revelou este sábado que fica com uma "sensação de vazio" ao imaginar as corridas sem adeptos nas bancadas, por causa da pandemia de covid-19, que impediu o arranque normal da temporada.

"Para nós [pilotos] vai ser como um dia de testes, provavelmente, ainda pior do que um dia de testes", lançou o piloto britânico, que já foi seis vezes campeão mundial de Fórmula 1 (2008, 2014, 2015, 2017, 2018 e 2019), num vídeo colocado na internet pela Mercedes, confessando que fica com "uma sensação de vazio" ao pensar no regresso às pistas sem adeptos a apoiar.

As primeiras 10 corridas desta época foram adiadas ou canceladas por causa do novo coronavírus, o que levou, por exemplo, a que o icónico Grande Prémio do Mónaco não fosse realizado pela primeira vez em 66 anos.

A época deveria ter começado a 15 de março, na Austrália, e contar com um número recorde de 22 provas.

"Tenho recebido mensagens de pessoas de todo o mundo que estão a sofrer pelo facto de não poderem assistir aos desportos", assinalou Hamilton, sublinhando que "isso mostra a importância que o desporto tem na vida das pessoas".

Mesmo sem público nas bancadas, o piloto de 35 anos destacou que o reatamento do circuito e a transmissão televisiva das provas "sempre é melhor do que nada".

A época começa a 04/05 de julho na Áustria, no Red Bull Ring, circuito que poderá ter corrida de novo no fim de semana seguinte.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0