Coronavírus: Silverstone com princípio de acordo para dois GP de Fórmula 1 no verão

Provas estão ainda sujeitas à aprovação do governo e se forem realizadas será à porta fechada

• Foto: EPA

O diretor do circuito de Silverstone, Stuart Pringle, anunciou esta sexta-feira um princípio de acordo com os promotores do Mundial de Fórmula 1 para a realização de dois grandes prémios no circuito inglês, no verão, à porta fechada.

"No entanto, essas corridas estão sujeitas à aprovação do governo, na medida em que a nossa prioridade é garantir a segurança de todos os envolvidos e respeitar escrupulosamente as regras relativas à pandemia de covid-19", disse Stuart Pringle à BBC.

Um dos principais obstáculos à concretização desse projeto está relacionado com o período de quarentena de duas semanas que o governo britânico pretende impor a quem chega de avião a solo britânico, a menos que seja proveniente de França ou da Irlanda.

Também o Grande Prémio da Bélgica pode ser realizado à porta fechada, em 30 de agosto, no circuito de Spa-Francorchamps, apesar da proibição de eventos de grande escala até 31 de agosto no país, devido à pandemia de covid-19, anunciaram as autoridades locais.

A pandemia do novo coronavírus suspendeu o arranque da temporada de Fórmula 1, prevista para começar em 15 de março, que teve as 10 primeiras corridas do calendário de 2020, que prometia ser o mais preenchido de sempre, adiadas ou canceladas.

No total, os 10 primeiros grandes prémios foram cancelados (Austrália, Mónaco e França) ou adiados para uma data indefinida (Bahrain, China, Vietname, Países Baixos, Espanha, Azerbaijão e Canadá).

A Fórmula 1 espera começar a temporada em 05 de julho, com o Grande Prémio da Áustria, e uma segunda corrida no domingo seguinte, no mesmo circuito de Spielberg, ambas à porta fechada e com um número limitado de pessoas no 'paddock'.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas -- Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 302 mil mortos e infetou mais de 4,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,5 milhões de doentes foram considerados curados.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0