Fernando Alonso vai competir em 2021 com duas placas de titânio no rosto

Piloto espanhol recuperado do atropelamento na Suíça e pronto para o GP Bahrain

• Foto: EPA

Fernando Alonso manifestou esta sexta-feira confiança de que conseguirá estar pronto para o arranque do Mundial de Fórmula 1 e cumprir a temporada na totalidade. O piloto espanhol, de 39 anos, sofreu um acidente de bicicleta em fevereiro último, quando foi atropelado por um carro perto da sua residência em Lugano, na Suíça, tendo sofrido diversas fraturas. No entanto, a expectativa é que o antigo bicampeão mundial esteja disponível para o regresso no próximo dia 27, no GP Bahrain.

"Não espero dificuldades", reconheceu Alonso, que vai conduzir na equipa Alpine. "Uma coisa é a profissão e a condução, no qual me sinto a 100%. Outra é o lado pessoal... mas vou ter duas placas de titânio no maxilar superior que serão depois removidas no final da temporada", explicou o piloto. 

"Estou bem e feliz pelo regresso ao paddock e à Fórmula 1. O treino tem sido absolutamente normal e tenho estado no simulador, pelo que a minha preparação não foi afetada", frisou, entusiasmado pelo regresso, dois anos depois, ao 'circo'.

"Senti que estava no meu melhor nos dois últimos anos, a pilotar melhor do que nunca e por isso a Fórmula 1 era o sítio para estar. Terei tempo no futuro para repensar alguns dos desafios que ficaram por completar porque senti que tinha algo a provar na F1 novamente", garantiu, ambicioso. "Para vencer corridas e ganhar campeonatos, precisas de mais do que apenas motivação e crença. Mas é algo que queremos construir na nova Alpine e lutaremos por isso, pelas vitórias e pelos campeonatos no futuro se cumprirmos o que pensamos", finalizou.

Por Francisco Laranjeira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas