FIA investiga final antecipado do GP do Japão

Painel luminoso que indica o final de corrida foi acendido uma volta antes do previsto

A Federação Internacional do Automóvel anunciou este domingo ter aberto uma investigação ao final antecipado do Grande Prémio do Japão de Fórmula 1, 17.ª prova da temporada, que teve a bandeirada de xadrez na 52.ª das 53 voltas previstas.

O painel luminoso que indica o final de corrida foi acendido uma volta antes do previsto, dando por concluída a corrida quando o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) cruzou a linha de meta no final de 52 voltas, a uma do total previsto.

O incidente não teve influência nos resultados finais dos primeiros classificados, mas permitiu classificar o mexicano Sergio Perez (Racing Point) na nona posição apesar de ter sofrido um despiste naquela que seria a última volta da corrida.

Um caso idêntico aconteceu no GP do Canadá de 2018, quando a modelo canadiana Winnie Harlow mostrou a bandeirada de xadrez duas voltas antes do previsto.

O toque entre Leclerc e Verstappen que deixou o holandês furioso

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.