Hamilton: «Gostava que a minha habilidade fosse suficiente para fazer a diferença»

Heptacampeão mundial lamenta diferenças entre os carros no Mundial deste ano

• Foto: Action Images

Lewis Hamilton segue sem vencer uma corrida em 2022. O heptacampeão mundial de Fórmula 1, que na última temporada discutiu o título mundial com Verstappen até à última volta da última etapa do Campeonato do Mundo, assumiu esta sexta-feira que gostava que a sua habilidade fosse suficiente para lutar por vitórias e títulos dentro da pista.

"Temos de aprender a não nos preocuparmos com coisas que não podemos controlar. Eu assisto a outros desportos e só gostava que a minha habilidade fosse suficiente para fazer a diferença. Obviamente que é difícil, mas eu não gosto muito de utilizar essa expressão porque já estive em África e vi crianças que não têm absolutamente nada. Isso sim, é difícil", atirou, em declarações citadas pelo jornal britânico 'The Sun', sublinhando o desequilíbrio que existe entre os carros: "Eu não diria que dói, mas gostava de estar na luta pelas vitórias, que os carros andassem todos mais juntos uns dos outros e que todos pudessem ter uma luta melhor lá na frente."

Sem qualquer triunfo na presente temporada, o piloto da Mercedes segue no 6.º lugar no Mundial de pilotos, com 168 pontos, atrás do seu companheiro de equipa, o também britânico George Russell, que é 4.º colocado, com 203 pontos. Lá na frente, Max Verstappen está completamente descolado da concorrência (335 pontos - 116 de distância para Charles Leclerc) e avança, com o 'acelerador no fundo', para o segundo título mundial na categoria. 

Por Record
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas