Hamilton pede a presença de "mais mulheres" no 'paddock'

Piloto britânico diz que "há demasiados homens" na Fórmula 1

• Foto: EPA

O britânico Lewis Hamilton não tem dúvidas. "Há demasiados homens no 'paddock'", defendeu o piloto da Mercedes, pedindo a presença de "mais mulheres" nas boxes da Fórmula 1, quando questionado sobre eventuais pedidos antes do arranque da temporada de 2017 na Fórmula 1.

Numa conferência de imprensa de lançamento do Grande Prémio da Austrália - a pista de Melbourne recebe esta sexta-feira os habituais treinos livres, seguindo-se a qualificação no sábado e a corrida no domingo - em que participaram também Sebastian Vettel (Ferrari), Daniel Ricciardo (Red Bull) e Fernando Alonso (McLaren), o piloto inglês sugeriu ainda a realização de uma prova em Miami, nos Estados Unidos.

E se Ricciardo sugeriu uma corrida em Las Vegas, também nos Estados Unidos, Vettel pediu que a Fórmula 1 voltasse à Alemanha - este ano fora do calendário -, além de defender o regresso dos motores V12 - neste momento são utilizados os V6 -, uma ideia que agradou os outros pilotos. O pior foi quando Alonso pediu "motores iguais para todos".

"Não estou de acordo com isso", respondeu de imediato Hamilton, com uma gargalhada à mistura. "Mas que não sejam elétricos", acrescentou, por seu lado, Daniel Ricciardo, antes do britânico insistir: "E que não sejam Honda. Não, estou a brincar..."

Refira-se que o espanhol Fernando Alonso, de 35 anos, tem sido confrontado com sucessivos problemas no motor que equipa o seu McLaren, que é precisamente da Honda.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.