Hamilton quer vencer o GP da Turquia apesar da penalização: «Não é impossível»

Piloto britânico da Mercedes vai largar do 11º lugar e está confiante para a corrida de domingo

• Foto: Lusa/EPA

Lewis Hamilton foi este sábado o mais rápido na qualificação para o Grande Prémio da Turquia, mas terá de partir da 11ª posição da grelha devido a uma penalização de 10 lugares. O piloto britânico da Mercedes, atual líder do Mundial de pilotos, com vantagem de 2 pontos para Max Verstappen (Red Bull), reconhece que a corrida será difícil mas acredita que pode voltar a vencer em Istambul. 

"Vai depender muito das condições meteorológicas que teremos amanhã. Vou estar cauteloso, mas também superofensivo. Preciso e quero vencer a corrida. Esse é o grande meu objetivo", começou por referir o britânico à Sky Sports F1, no final da qualificação. 

No mesmo circuito onde, no ano passado, venceu uma corrida marcada pela chuva e selou o heptacampeonato mundial de Fórmula 1, Hamilton garante que vai estar ao ataque desde a largada. "No ano passado saí de 6º e após a curva 1 já estava em 3º, o que fez alguma diferença. Mas este é um fim de semana muito, muito diferente. A aderência da pista é muito diferente. Por isso ainda estou unicamente focado em ganhar a corrida. Vai ser difícil partir do 11º lugar, mas não é impossível. Então só temos de certificar-nos de que vamos atacar ao máximo amanhã", explicou.

Bottas aponta à primeira vitória da época

Segundo na qualificação, Valtteri Bottas aproveitou a penalização a Lewis Hamilton e ficou com a pole position. O finlandês deixou claro que não desacelerou no 3º setor da pista para permitir que o colega fechasse a sessão no 1º lugar e diminuisse as perdas com a penalização.

"Não, não me pediram para desacelerar. Comecei a lutar um pouco com a frente no último setor, alguma subviragem nas curvas 12 e 14. Senti que estava a perder tempo. Provavelmente forcei os pneus no início da volta", analisou Bottas, que procura a primeira vitória na presente época. "Estou muito motivado. Esta temporada ainda não ganhei e, partir da pole, é uma grande motivação. Mas preciso de estar concentrado, passo a passo, manter o foco e esperar para que corra tudo pelo melhor", concluiu. 

Refira-se que o GP da Turquia está marcado para as 13 horas (horário de Lisboa) de domingo.

Por André Antunes Pereira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas