Hamilton vê a Ferrari como favorita mas Vettel tem outra ideia

Alemão defende que os Mercedes continua a ser os carros a bater

• Foto: EPA

O britânico Lewis Hamilton, piloto da Mercedes, asegurou esta quinta-feira que a Ferrari é, na sua opinião, a equipa favorita na primeira corrida da temporada de Fórmula 1, que arranca este fim de semana em Melbourne, na Austrália.

"Vejo a Ferrari como a mais rápida neste momento. Penso que são definitivamente os favoritos", referiu o piloto de 32 anos, 2.º classificado no Mundial em 2016, atrás do companheiro de equipa Nico Rosberg, que anunciou o adeus às pistas na sequência da conquista do seu primeiro título mundial.

A Mercedes foi a grande dominadora da categoría nas últimas três temporadas - Hamilton conquistou os títulos em 2014 e 2015 -, mas as mudanças nos regulamentos e nos monolugares criam enorme expectativa à volta do campeonato este ano.

Na conferência de imprensa de lançamento do Grande Prémio da Austrália, Lewis Hamilton esteve acompanhado pelo alemão Sebastian Vettel (Ferrari), o espanhol Fernando Alonso (McLaren) e o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull). E o piloto inglês não teve dúvidas em considerar que a equipa italiana está a tentar esconder o seu potencial para não chamar as atenções.

Opiniões diferentes

"Sebastian [Vettel] normalmente é muito expansivo, mas posso afirmar que está a tentar colocar uma manta sobre o assunto. O seu ritmo foi fantástico nos testes", acrescentou Hamilton, já três vezes campeão mundial.

Em contrapartida, Vettel deixou claro que os Mercedes continuam a ser os carros a bater. "É evidente quem é o favorito. Nós tentaremos fazer o nosso melhor para recuperar terreno", garantiu o alemão, que procura o seu quinto título mundial em 2017.

Refira-se que a Ferrari fechou os testes de Barcelona com os melhores tempos da pré-temporada. A marca mais veloz foi conseguida pelo finlandês Kimi Räikkönen a 10 de março, superando a marcada registada um dia antes pelo seu companheiro Vettel.

Para Hamilton, as alterações técnicas deixam a Mercedes diante de um grande desafio. "Que eu saiba, nenhuma equipa ganhou títulos consecutivos com mudanças de regras pelo meio. Esse é o nosso objetivo para esta temporada", frisou o britânico, antes de concluir: "Se estamos no ponto certo neste momento da temporada, iremos vê-lo. Mas confio plenamente que poderemos alcançá-lo".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.