Helmut Marko minimiza coronavírus e atira: «O melhor seria que Verstappen fosse infetado agora»

Assessor da Red Bull conta que o piloto está aterrorizado

• Foto: Getty Images

O antigo piloto austríaco Helmut Marko, agora assessor da Red Bull, voltou a proferir declarações polémicas, agora envolvendo Max Verstappen, um dos pilotos da equipa.

"Ele disse-me ao telefone que está aterrorizado, com medo de ser infetado com o coronavírus", revelou ao diário austríaco 'Kronen Zeitung'. "O melhor seria que fosse infetado agora. Tem 22 anos, não está no grupo de risco, depois disso ficaria imune e podia concentrar-se no título."

Recorde-se que já houve casos de reinfeção e que por isso não está provado que os infetados com o novo coronavírus ganhem imunidade.

Mas Marko já tinha causado polémica há duas semanas, quando falou da Covic-19. "O coronavírus não é mais perigoso do que a gripe. Temos de travar este alarmismo dos políticos e não apoiá-los. Há que pensar de forma positiva. A maioria das pessoas morrem por causa das doenças que já tinham antes."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.