Lewis Hamilton: «Tenho 34 anos, mas sinto que conduzo melhor que nunca»

Piloto britânico da Mercedes diz não pensar no final da carreira

• Foto: Reuters

Lewis Hamilton conquistou, no último domingo, o Grande Prémio da Hungria e demonstrou, uma vez mais, ser um dos melhores pilotos da história da Fórmula 1 ao recuperar uma desvantagem de 19 segundos que tinha para Max Verstappen, condutor da Red Bull, que seguia líder a dez voltas do fim.

Em entrevista ao 'The Guardian', o pentacampeão mundial afirmou ver-se "melhor do que nunca", afastando o cenário de um possível fim de carreira para breve. "Tenho 34 anos, mas sinto que conduzo melhor que nunca. Algum dia terei de parar, mas agora sinto-me fantástico, física e mentalmente. Quero continuar a fazer mais e conquistar mais", revelou o piloto britânico.

Confiante pela conquista na Hungria, Lewis Hamilton assegura que ainda existe muito espaço para melhorar e fazer uma segunda metade de temporada melhor do que aquela que realizou até agora. "Temos tido sucesso até agora, mas há que continuar a trabalhar. Ninguém é melhor que ninguém. Não somos perfeitos e ainda existem muitas áreas onde podemos continuar a melhorar. Quero que a minha segunda metade da temporada seja mais forte que a primeira", concluiu.

Por Sérgio Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.