Portugal vai ter de esperar: F1 só anuncia novas provas "nas próximas semanas"

CEO do campeonato assume que há corridas 'fechadas', mas quer anunciar tudo de uma vez

• Foto: Reuters

Ainda não será desta que os fãs de Fórmula 1 em Portugal saberão se o nosso país voltará a ter uma prova este ano. Havia expectativa de que os locais dos Grande Prémios em falta para completar o campeonato de 2020 fossem anunciados esta quinta-feira, na véspera do arranque oficial na Áustria, mas afinal não será para já.

"Creio que nas próximas semanas poderemos anunciar pelo menos algumas provas. No melhor cenário gostávamos de anunciar toda a segunda metade do calendário. Há algumas corridas que já sabemos que entrarão, mas não quero estar a anunciar de forma faseada. Prefiro lançar tudo de uma vez. Até porque para definir as datas temos de saber com que corridas poderemos contar", explicou Chase Carey, presidente e CEO da Formula 1.

"Dissemos que queríamos 15 a 18 corridas e continuamos muito confortáveis com esse objetivo. De momento temos algumas corridas com as quais já acertámos praticamente tudo, faltando apenas definir as datas. E há também outros locais com os quais temos avançado, tentando igualmente encontrar uma data. Depois há outros que estão em mais em dúvida devido às circunstâncias dos países em causa", acrescentou.

Carey abordou ainda a situação para a segunda metade da temporada, em especial para as provas nas Américas. "Se olharmos para os Estados Unidos, México ou Brasil, claramente que neste momento são dos locais com maior incidência de infeções. Por isso temos de perceber se é possível, o que podemos fazer. Temos mesmo de saber se podemos correr lá. Haverá algum tipo de restrição na nossa capacidade de lá chegar e funcionar de forma normal? E também estamos a tentar perceber a questão dos adeptos, pois queremos tê-los nas nossas provas. É uma possibilidade. Um dos nossos desafios em relação ao nosso calendário para novembro é que estamos a quatro meses de distância. São menos quatro meses em relação vírus, por isso entendo que seja complicado para todos perceber em que ponto estaremos. Mas temos de criar um plano e chegaremos a um ponto em que teremos de tomar decisões com base no que sabemos. E creio que será para breve", assegurou Carey.

Por agora, refira-se, há oito corridas garantidas no calendário, sendo as duas primeiras na Áustria - a primeira será já neste fim de semana. Para lá de Spielberg, estão também garantidas a Hungria, Grã-Bretanha (duas corridas), Espanha, Bélgica e Itália.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.