Reforço policial e regras apertadas para todos: o plano para receber a F1 em Portugal

Paulo Pinheiro explicou procedimento à revista alemã 'Speed Week'

• Foto: Pedro Noel da Luz

Paulo Pinheiro abordou este sábado, em declarações à revista alemã 'Speed Week', o plano que tem em marcha para albergar o Grande Prémio de Fórmula 1 em Portimão. Na conversa com a publicação germânica, o administrador do Autódromo Internacional do Algarve referiu que a lotação limitada a 50 mil pessoas passa por uma questão de gestão de recursos e garante que, a não ser que as coisas melhorem muito, esse número não será superado. Por outro lado, Paulo Pinheiro deixou claro que há regras bem rígidas a seguir.

"[Os 50 mil adeptos] É mais uma questão de não sobrecarregarmos o nosso sistema. Se tivermos mais adeptos, precisamos de mais casas de banho, bares, mais caixas registadoras, mais acessos à pista. Com 50 mil a pressão será menor. Fórmula 1 e MotoGP terão o mesmo número de pessoas nas bancadas, as mesmas restrições e o mesmo processo. A não ser que a situação em Portugal melhore até lá, não vamos de certeza ocupar mais do que dois terços dos lugares", começou por explicar.

"Só porque vamos ter adeptos não quer dizer que lhes será permitido fazer tudo. Quando compras o bilhete, ele é enviado para a tua casa, juntamente com uma lista de regras que tens de aceitar. Por exemplo, se vens da Alemanha podes aterrar no aeroporto de Faro. Aí serás informado de onde podes alugar um carro, que rua tens de seguir para ir ter à pista e onde estacionar. Na pista tens de utilizar sempre máscara e desinfetar as mãos de forma regular. A máscara só pode ser retirada para comer e beber. Quem tiver de ir à casa de banho terá de fazê-lo em acordo com os stewards. Não será como dantes", frisou.

"A segurança das pessoas é a nossa prioridade, é crucial. Queremos que desfrutem das corridas, mas sempre em segurança. Teremos um reforço adicional de cinco mil polícias no fim de semana para controlar a zona de Portimão e Alvor. Vamos ter um grande evento, mas todos terão de seguir as regras. Seremos um evento de teste para todos os eventos futuros, isso tem de estar claro para todos. Os adeptos têm de se comportar de forma correta", advertiu.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas