Russell pede desculpas a Bottas: «Aprendi algumas lições difíceis no fim de semana»

Piloto britânico da Williams assume responsabilidade pelo acidente em Ímola

A carregar o vídeo ...
O assustador acidente a alta velocidade entre Russell e Bottas

O acidente que envolveu George Russell (Williams) e Valtteri Bottas (Mercedes) marcou o GP de Emilia Romagna, segunda prova do Mundial de Fórmula 1. Logo após a corrida no circuito de Ímola, Russell culpou o finlandês pela colisão que resultou no abandono de ambos os pilotos à 32.ª volta, mas esta segunda-feira o jovem britânico recorreu às redes sociais para, através de um comunicado, pedir desculpas a Bottas e assumir a responsabilidade pelo acidente. 

"Ontem não foi o meu dia de maior orgulho. Sabia que era uma das nossas melhores oportunidades de marcar pontos nesta temporada e, quando esses pontos são tão importantes como são para nós neste momento, às vezes corres riscos. Não valeu a pena e tenho que assumir a responsabilidade por isso. Tendo tido tempo para refletir sobre o que aconteceu depois, sei que deveria ter lidado melhor com toda a situação. As emoções podem disparar no calor do momento e ontem a minha emoção levou a melhor sobre mim. Peço desculpas ao Valtteri, à minha equipa e a todos que se sentiram dececionados com as minhas ações. Não sou assim e espero mais de mim mesmo, pois sei que os outros esperam mais de mim. Aprendi algumas lições difíceis no fim de semana e sairei disto como um piloto e uma pessoa melhor e mais experiente. Agora o foco total é em Portugal e numa hipótese de mostrar o que realmente sou. Obrigado por todas as mensagens, tanto positivas quanto negativas. Todas elas vão ajudar-me a crescer", escreveu o piloto de 23 anos. 

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas