Vettel e as queixas de Hamilton: «Talvez seja altura de haver um Safety Car da Ferrari»

Britânico da Mercedes criticou pára-arranca do alemão e ouviu resposta irónica

A carregar o vídeo ...
E foi assim que a vitória em Baku e a liderança do Mundial caíram no colo de Lewis Hamilton

O relacionamento entre Lewis Hamilton (Mercedes) e Sebastian Vettel (Ferrari) estava 'normalizado' depois do incidente protagonizado em Baku na passada temporada, mas parece que os ares (ou será o vento) da capital do Azerbaijão faz mal aos dois pilotos, pois houve novo problema... e com origem no Safety Car - embora desta feita sem uma batida propositada em pista.

Hamilton, que venceu no domingo graças a uma série de eventos que lhe colocaram o primeiro lugar no colo a três voltas do final da corrida, queixou-se do comportamento errático de Vettel quando o Safety Car entrou em pista devido ao acidente entre os dois carros da Red Bull Racing na volta 40, dizendo que o alemão esteve sempre num perigoso modo de pára-arranca.

O piloto da Ferrari não subiu de tom na resposta que deu ás críticas do adversário, mas carregou na ironia. "O Safety Car tem de acelerar. Estava difícil de manter os pneus na temperatura ideal", começou por assinalar Vettel.

"Depois de tantos anos com a Mercedes talvez seja altura de haver um Safety Car da Ferrari...", reforçou Vettel, referindo-se à parceria entre a FIA e o construtor alemão para o Mundial de Fórmula 1 que dura desde 1996.

O carro da Mercedes que desempenha a função esta temporada é o potente e exclusivo Mercedes AMG GT R, o 11.º nesta linha de sucessão.
A carregar o vídeo ...
Vettel estava em 2.º. quis ser 1.º e acabou em 4.º... e perdeu liderança do Mundial

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.