Vettel ficou triste por não ter visto as 'grid girls'

Piloto alemão diz ser conservador

• Foto: Reuters

Nem todos estão contentes e a receber da melhor maneira as medidas dos novos donos da Fórmula 1. E um dos que mostrou a sua tristeza foi o alemão Sebastian Vettel, vencedor da prova inaugural do Mundial deste ano. Na Austrália, o piloto da Ferrari sentiu falta de alguma coisa...

"Penso que sou um conservador e por isso gostaria de manter algumas coisas. É certo que há assuntos em que não sou um especialista e não preciso de o ser, mas confunde-me que as corridas comecem mais tarde [na Europa, por exemplo, os Grandes Prémios começam uma hora mais tarde], e é também um pouco triste que não haja mais as meninas na grelha", frisou, em entrevista ao Crash.net.

Seja como for, Sebastian Vettel apreciou, por exemplo, o festival que o ano passado decorreu em Londres antes do Grande Prémio, que permitiu levar os monolugares ao centro da cidade e estarem perto dos aficionados. Algo que voltará a acontecer este ano, por exemplo na China.

"É uma medida genial, vimos como as pessoas gritavam, nos apoiavam. Tivemos, é certo, mais trabalho, mas foi também mais divertido."

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas