Vettel: «Título? Por enquanto só estamos na lua...»

Piloto da Ferrari numa espécie de felicidade pragmática após triunfo na Austrália

• Foto: EPA

A data da última vitória de Sebastian Vettel no Mundial de Fórmula 1 coincidia com a da última vitória da Ferrari - 20 de setembro de 2015 (Singapura) -, por isso, a festa após a conquista do GP da Austrália foi a dobrar e o alemão admitiu mesmo que ficou "na lua", atribuindo boa parte do mérito aos funcionários da escuderia italiana que trabalharam de forma incansável no SF70H, o carro de 2017.

"É incrível. Foi uma corrida louca. As pessoas correram em direção ao 'pit-lane' com bandeiras na mão. Era mesmo do que estava a precisar. Todo o pessoal tem trabalhado no duro e sem dormir", começou por dizer Vettel, 'travando' quando lhe perguntaram se o triunfo na primeira prova da temporada 2017 é um sinal claro de candidatura ao título. 

"Isso é prematuro. Por enquanto só estamos na lua devido a este início de campeonato que conseguimos hoje", avaliou o piloto alemão, que somou o 43.º triunfo da carreira ao terminar a corrida em Albert Park à frente dos Mercedes de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, graças a uma melhor estartégia da Ferrari.

"Não fiquei completamente satisfeito com a minha largada, pois deixei o carro patinar, mas tentei manter a pressão [sobre Hamilton], de forma a mandar uma mensagem de que estava ali para lutar. Depois houve alguma sorte, quando Lewis [Hamilton] apanhou carros mais lentos", encerrou Vettel.

Por António Espanhol
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.