Enduro: Steve Holcombe vence GP de Portugal e consolida liderança no mundial

Christophe Charlier ficou em segundo lugar

• Foto: Escuderia Castelo Branco | Facebook oficial

O piloto inglês Steve Holcombe (Beta) consolidou este domingo a liderança do Mundial de EnduroGP, ao vencer o segundo e último dia do Grande Prémio de Portugal, sexta ronda do campeonato, deixando Christophe Charlier (Husqvarna) no segundo lugar. O piloto da Beta, que chegou a Castelo Branco como líder da categoria rainha, beneficiou dos problemas que afetaram o seu compatriota Nathan Watson (KTM).

O inglês da KTM venceu o primeiro dia da prova (sábado), no qual conquistou oito das nove especiais do dia, sendo apenas impedido de fazer o pleno por Matthew Phillips, que ficou em segundo classificado no dia de sábado e relegou para o terceiro lugar Steve Holcombe.

Fruto dos problemas mecânicos que o afetaram este domingo, Watson terminou no 10.º lugar, a 4.24,21 minutos do vencedor do Grande Prémio de Portugal.

O campeão nacional Diogo Ventura (Honda) não foi feliz neste segundo dia de prova e viu-se obrigado a abandonar, depois de no sábado ter conquistado o oitavo lugar da geral.

Já em Enduro2, o britânico Jamie Mccanney (Yamaha) voltou a repetir a vitória de sábado e deixou o espanhol Josep Garcia (KTM), líder da categoria, no segundo lugar, sendo que a terceira posição da tabela foi para o italiano Davide Guarneri (Honda).

Na categoria junior, o piloto britânico Bradley Freeman (Beta) foi o grande vencedor da jornada, sendo a segunda posição ocupada por Albin Elowson (Husqvarna) e a terceira pelo italiano Davide Soreca (Honda).

No final deste Grande Prémio de Portugal, organizado pela Escuderia de Castelo Branco (ECB), o presidente do clube albicastrense, António Sequeira, era um homem cansado, mas satisfeito e com o sentido de dever cumprido.

"Vamos já avaliar todo o impacto que isto [EnduroGP] teve. Já tinha referido que este era o maior evento que a ECB iria realizar na sua história até aos dias de hoje e efetivamente aconteceu", disse.

O presidente da direção do clube de Castelo Branco adiantou que os dias de prova vieram confirmar o sucesso que teve o Grande Prémio de Portugal.

"Estamos satisfeitos com os resultados, correu tudo muito bem. Agora vamos ter que nos sentar e perceber se podemos continuar a apostar num evento com esta dimensão, excessivamente caro, mas com retorno económico assegurado para todos os investidores", sustentou.

António Sequeira sublinhou ainda que espera que a cidade e a região se orgulhem da ECB enquanto instituição e disse esperar que da parte dos investidores haja a perceção de que vale a pena continuar a apostar neste tipo de eventos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Motociclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.